domingo, 28 de outubro de 2007

Reforma Protestante: uma recolocação doutrinária

A igreja reformada sempre deve estar se reformando¹! Essa máxima dos reformadores nunca esteve tão atual na história do protestantismo. Urge, após 490 anos de história
protestante, uma profunda reforma no seio evangélico. Reforma não é invenção de novas teologias, mas é o resgate das doutrinas bíblicas, sendo aquelas doutrinas que foram esquecidas ou substituídas por tratados de homens.
Em que pontos os protestantes hodiernos precisam recolocar verdades bíblicas? Veja os 15 pontos abaixo:
1° Recolocar a doutrina da graça, em lugar da maldição hereditária.
2° Recolocar a doutrina do sacerdócio universal, em lugar da "renovação apostólica".
3° Recolocar a Palavra de Deus em lugar das experiências.
4° Recolocar a doutrina da soberania de Deus, em lugar da deificação do homem.
5° Recolocar a esperança bendita da vinda de Cristo, em lugar do triunfalismo.
6° Recolocar a defesa da fé, em lugar do pragmatismo "evangélico".
7° Recolocar os dons espirituais, em lugar de manifestações extravagantes.
8° Recolocar a adoração cristocêntrica, em lugar de manifestações antropocêntricas.
9° Recolocar a ortodoxia teológica, em lugar do liberalismo existencialista.
10°Recolocar o cristianismo bíblico, como fonte das respostas humanas, em lugar do relativismo pós-moderno.
11°Recolocar o ensino da Palavra em lugar de espetáculos humanos.
12°Recolocar músicas de conteúdo, em lugar de sons vazios da verdadeira adoração.
13°Recolocar o culto racional, em lugar das reuniões emocionalistas.
14°Recolocar a direção do culto à Deus, em lugar de centralizar em prosperidade.
15°Recolocar uma vida devocional em santidade, no lugar da busca desenfreada pelos prazeres.
Todas essas recolocações devem ser baseadas na infalível e inerrante Palavra de Deus, e os protestantes não devem esquecer da Sola Sprictura, ou seja, a igreja oriunda da Reforma deve se basear, somente, nas Sagradas Escrituras, a única regra de fé e prática cristã. Pois, como disse Thomas Watson: "A Bíblia é a biblioteca do Espírito Santo".
A todos os protestantes brasileiros, um feliz 490 anos de Reforma. E que nesse século os evangélicos brasileiros não se esqueçam dos princípios da reforma²: Sola Sprictura(Somente as Escrituras), Sola Gracia (Somente a graça), Solo Cristus (Somente Cristo) e Sola Fides (Somente a fé).

Notas:

1- Expressão em latim: "Eclesia Reformata et Semper Reformanda "
2- Expressões latinas: Somente as Escrituras, Somente a graça, Somente Cristo e Somente a fé.

Abre-se um debate:

Na sua opinião, qual é a principal reforma que a igreja brasileira precisa passar, nesses dias que antecedem a vinda de Cristo? Escreva um comentário!

8 comentários:

Luciano disse...

Vejo que teria que ser pregada novamente as 95 teses de Lutero em cada templo Cristão brasilerio, pois esta virando calamidade!

Eliseu Antonio Gomes disse...

Amado

Concordo com todos os pontos enumerados. Não existe, um mais importante que outro, acho que até estão relacionados entre si.

Eu creio que esse post, caso fosse publicado no rodapé de alguma bíblia de estudo, se encaixa perfeitamente em Efésios 5.18: "enchei-vos do Espírito".

Abraço.

Luiz C disse...

Creio que a igreja do Senhor não precise de uma nova reforma...oque ela precisa é voltar a forma original.At 2-4

Abraço!

Gutierres Siqueira, 18 anos disse...

A paz do Senhor a todos!

Luciano,
Realmente, a situação que vivemos hoje mostra a necessidade da volta aos princípios bíblicos. Agradeço a participação!

Eliseu Antonio Gomes
Realmente, não existe uma ordem de importância nos pontos enumerados, mas todos expressaram uma necessidade. Seja sempre bem-vindo.

Luiz
Reforma, como eu escrevi, não é invenção de novas doutrinas, mas sim é o retornp as doutrinas originais. Continue conosco!

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Caro Gutierrez!
A Paz do Senhor.
Todos os pontos por você enumerados são fundamentais.
Quando voltarmos a praticar as primeiras obras com amor e caridade, como o Senhor pediu à Igreja de Éfeso, tudo isso será automaticamente cumprido e sem esforços fenomenais, aí sim, não haverá uma nova reforma, mas o cumprimento da que está completando 490 anos.
Parabéns pelo pot.

Daladier Lima disse...

Um dos grandes problemas que pode ser lido nas entrelinhas do seu post é o abandono da simplicidade cristã. Esta é a marca dos espertalhões de nossos dias, dos descompromissados e do jogo de interesses pastorais. Lamentável!

Valdeci do Carmo disse...

Meu caro irmão...eu penso que as reforma que precisamos está centrada na urgência de um retorno aos principios bíblicos. É grande o descaso para com a Bíblia e a exaltação de experiências pessoais..As verdades Bíblicas devem ser ensinadas e amadas por seus pastores.O que estamos vendo e um interesse pessoal nos lucros que os modismos tem trazido a muitos líderes e expoentes dessas aberrações doutrinárias e que infelizmente atacam os "bereanos" que de bom grado desejam estudar mais a palavra de Deus. Eu propago um retorno à Palavra e que esta possa direcionar o nosso viver dando-nos um norte seguro. Valdeci do Carmo. Ministro do Evangelho. tangará da serra - mt

NYLSON disse...

A IGREJA PRECISA DE REFORMA!
PRINCIPALMENTE NO SEU PILAR, QUE É A ROCHA,CRISTO O VERBO ENCARNADO.

SE A IGREJA RETORNAR À PALAVRA DE DEUS COM UM CORAÇÃO HUMILHADO E ARREPENDIDO AS DEMAIS NECESSIDADES SERÃO SATISFEITAS.

SOLE DEUS GLORIA!