quinta-feira, 19 de março de 2009

A auto-ajuda de Joel Osteen!

Você já ouviu falar do pastor norte-americano Joel Osteen? Ele é o mais novo fenômeno do evangelicalismo nos Estados Unidos. Um pregador de auto-ajuda simplista e que as suas preleções poderiam ser aplicadas em qualquer “palestra motivacional”. Como Osteen, existem vários pregadores brasileiros cujos ministérios baseiam-se nessas mensagens “amigáveis” e agradáveis para os incautos.

01. Veja esse vídeo, onde o pastor Mark Driscoll fala sobre os equívocos de Joel Osteen.



02. Conheça mais sobre Joel Osteen nesse texto do pastor Silas Daniel: http://silasdaniel.blogspot.com/2007/09/uma-anlise-crtica-sobre-o-mais-novo.html

03. Leia a matéria sobre “Os templos-espetáculo” da Revista Veja, onde Osteen é citado: http://veja.abril.com.br/051207/p_126.shtml

04. Leia o meu texto O “evangelho” da auto-ajuda, nesse link: http://teologiapentecostal.blogspot.com/2008/02/o-evangelho-da-auto-ajuda.html

13 comentários:

Anônimo disse...

Conheço muito bem o Joel Osteen. Tenho os dois livros dele "Your best life now" e o novo... xi, esqueci o nome. E dos meus colegas nos EUA, recebi um monte de cds com mensagens dele.
Mark Driscoll pegou pesado (já conhecia o video), pois apenas mostra algumas partes de um sermão típico de Osteen. É aquela história "texto fora do contexto".
Uma vez conversei com Marcos Witt, que é o pastor da igreja latina na Lakewood Church, pastoreada por Osteen e perguentei sobre a teologia deles. Ele me garantiu que a igreja faz o trabalho de discipulado com seus membros, e que aquilo que Osteen escreve ou fala na TV é apenas uma faceta do seu ministério.
Joel Osteen é um motivador! Vejamos o desta maneira!
E você poderá descobrir coisas boas naquilo que fala.
Para doutrina... prefiro Mark Driscoll!
Abraços,
Matias

Estudos Bíblicos disse...

Acho interessante essa abordagem do Driscoll apesar de não ter uma opinião formada sobre o que se deve ou não falar e exibir no Pulpito...

Acho legal um blog "Pentecostal" exibir videos de um Calvinista Carismático.

Parabéns! e Continue Postando todos os dias!

cincosolas disse...

Irmãos,

Tinha assistido ao vídeo do Driscoll sobre Joel Osteen. E agora li seu post e as indicações feitas.

Postei uma entrevista com o Joel Osteen no Cinco Solas, legendado em espanhol para dá para entender bem.

Em Cristo,

Clóvis

Anônimo disse...

Clovis,
gostei que vc colocou a entrevista do Osteen do programa "60 minutes" no seu site. É bom ouvir o ponto de vista de Osteen.
Seu livro "7 steps to become a better you" foi agora traduzido para o portugues e lançado pela Thomas Nelson. É uma boa fonte para se conhecer o pensamento de Osteen.
Quanto a discussão de "vida triunfalista" vs. "vida de sofrimento", gosto do post que o Gutierres colocou neste blog, onde Mark Driscoll (o nosso amado calvinista carismático) faz uma excelente abordagem sobre o assunto.
Abraços,
Matias

dani disse...

Eu acompanho o Joel Osteen pela TV desde 2004. Em 2008, tive uma oportunidade única de estar num dos cultos na Lakewood church. E foi inesquecível como o espírito santo estava presente naquele local.
Logo depois tive que voltar ao Brasil. E como sinto falta dos cultos na TV que eu costumava ver toda semana. Escutando a pregação de Joel Osteen consegui arranjar um emprego em que muitas pessoas diziam ser impossível... me tornei mais corajosa, mais segura de mim mesma e mais otimista. Através das mensagens dele aprende muito sobre a bíblia e pode aplicar estes ensinamentos na minha vida pessoal.
Sim, ele é um grande motivator ..... Já se passaram 2 anos e até hoje aqui no Brasil não encontrei nenhum pastor que faz tanta diferença quanto a pregação do Joel osteen fez na minha.

Anônimo disse...

É impressionante que ainda existe gente se dizendo cristã e tendo dificuldade em crer num Deus bom e abençoador autor de um evangelho só: o evangelho de Cristo.

Parece-lhes mais fácil crer que Deus preparou um caminho de sofrimento e dor aqui na terra para o homem, e não contente por isso mandou Seu filho para sofrer e morrer crucificado para mostrar a Sua vontade a todos nós. Assim podemos continuar apanhando do diabo, sofrendo, perecendo e nos sentindo cumpridores do Seu querer.

É, crer dessa forma parece mais fácil, afinal o que a bíblia quer dizer quando fala que Cristo se fez pobre para que nos tornássemos ricos? Ah, deve ser mais uma passagem mal traduzida, a palavra para "rico" no grego na verdade signifia "pobre" em português!!! Mas os tradutores da bíblia para as línguas ocidentais também eram desse tal "evangelho da prosperidade" (como se Cristo agora estivesse dividido em várias matérias: evangelho da prosperidade, da cura, do sofrimento, do sapatinho do sei lá o que...). Fica mais fácil assim! deixemos o evangelho como um todo divido em partes, assim podemos enfraquecê-lo e combater a pregação do irmão do lado!

O equilíbrio que nos têm faltado vem junto da humildade para aceitarmos que homens com diferentes chamados possam estar fazendo a diferença e ajudando outras pessoas a mudarem seus destinos por toda a eternidade. Não!!! Pra que isso? Adoremos a um Deus egoísta, dono de todo ouro e toda prata, mas incapaz de ver seus filhos prosperarem! Que em nenhuma passagem de Sua Palavra diz ser o dono da doença, miséria e dor, mas ainda sim pode dar àquilo que não possui e nos privar daquilo o que mais tem.

Sei que alguns estão pensando: "mas Deus é soberano e faz o que quiser". Sim mas Ele prometeu ser fiel à Sua Palavra, se Ele diz assim eu creio, então posso concluir que Ele não é o causador de tragédias, mortes, miséria, doenças e guerras neste mundo. Creio que isso tudo é causado por outra pessoa, aquele que por enquanto ainda pode governar este planeta gerando peste e desgraça.

Obrigado Deus, por que homens como Joel Osteen ouvem a sua voz e podem agir a altura, mesmo que sendo ridicularizado e combatido pelos próprios crentes, continua expondo a mensagem que recebeu de Ti. Oro para que homens como ele jamais recuem de anunciar a Tua bondade e grandeza! Por que Esse é Deus da Palavra, o Deus a Quem se canta: Por que o Senhor é bom e Suas misericórdias duram para sempre! Amém!

Abs,
Junior

Anônimo disse...

É impressionante que ainda existe gente se dizendo cristã e tendo dificuldade em crer num Deus bom e abençoador autor de um evangelho só: o evangelho de Cristo.

Parece-lhes mais fácil crer que Deus preparou um caminho de sofrimento e dor aqui na terra para o homem, e não contente por isso mandou Seu filho para sofrer e morrer crucificado para mostrar a Sua vontade a todos nós. Assim podemos continuar apanhando do diabo, sofrendo, perecendo e nos sentindo cumpridores do Seu querer.

É, crer dessa forma parece mais fácil, afinal o que a bíblia quer dizer quando fala que Cristo se fez pobre para que nos tornássemos ricos? Ah, deve ser mais uma passagem mal traduzida, a palavra para "rico" no grego na verdade signifia "pobre" em português!!! Mas os tradutores da bíblia para as línguas ocidentais também eram desse tal "evangelho da prosperidade" (como se Cristo agora estivesse dividido em várias matérias: evangelho da prosperidade, da cura, do sofrimento, do sapatinho do sei lá o que...). Fica mais fácil assim! deixemos o evangelho como um todo divido em partes, assim podemos enfraquecê-lo e combater a pregação do irmão do lado!

O equilíbrio que nos têm faltado vem junto da humildade para aceitarmos que homens com diferentes chamados possam estar fazendo a diferença e ajudando outras pessoas a mudarem seus destinos por toda a eternidade. Não!!! Pra que isso? Adoremos a um Deus egoísta, dono de todo ouro e toda prata, mas incapaz de ver seus filhos prosperarem! Que em nenhuma passagem de Sua Palavra diz ser o dono da doença, miséria e dor, mas ainda sim pode dar àquilo que não possui e nos privar daquilo o que mais tem.

Sei que alguns estão pensando: "mas Deus é soberano e faz o que quiser". Sim mas Ele prometeu ser fiel à Sua Palavra, se Ele diz assim eu creio, então posso concluir que Ele não é o causador de tragédias, mortes, miséria, doenças e guerras neste mundo. Creio que isso tudo é causado por outra pessoa, aquele que por enquanto ainda pode governar este planeta gerando peste e desgraça.

Obrigado Deus, por que homens como Joel Osteen ouvem a sua voz e podem agir a altura, mesmo que sendo ridicularizado e combatido pelos próprios crentes, continua expondo a mensagem que recebeu de Ti.

Junior

Anônimo disse...

É impressionante que ainda existe gente se dizendo cristã e tendo dificuldade e crer num Deus bom e abençoador. Parece-lhes mais fácil crer que Deus preparou um caminho de sofrimento e dor aqui na terra para o homem, e não contente por isso mandou Seu filho para que continuássemos sofrendo e perecendo. O equilíbrio que têm faltado está junto da humildade para aceitar que homens com diferentes chamados possam estar fazendo a diferença e ajudando outras pessoas a mudarem seus destinos por toda a eternidade. Não, pra que isso? Adoremos a um Deus egoísta, dono de todo ouro e toda prata mas incapaz de ver seus filhos prosperarem. Que em nenhuma passagem de Sua Palavra diz possuir doença, miséria e dor, mas ainda sim pode dar àquilo que não possui e nos privar daquilo o que mais tem.
Obrigado Deus por que homens como Joel ouvem a sua voz e podem agir a altura, mesmo que sendo ridicularizado e combatido pelos próprios crentes, continua expondo a mensagem que recebeu de Ti. Oro para que homens como ele jamais recuem de anunciar a Tua bondade e grandeza! Ass: Junior

Anônimo disse...

Se o relacionamento íntimo e real com Cristo, e se a Bíblia pura e simples não é suficiente, se o evangelho é misturado com cultura, tradição ou interesse prórpio, sim... se envolve dinheiro (que significa poder para fazer algo), se este evangelho não pode ser aplicado nas pobreza da África, então que julgamento se Deve fazer?
Neste caso as palavras como dependência, confiânça e esperânça caem em desuso. Sem contar com as frases de Paulo: "acomodai-vos com as coisas humildes"; "se tens o que comer e o que vestir estejais satisfeitos". Questiono: qual a última vez que leram a Bíblia toda? A Bíblia é usada para sustentar a própria vontade, ou deixamos a Palavra nos usa para Sua glória?

Mateus Nogueira da Silva disse...

Junior,

II Coríntios 4.8-11, I Pedro 4.13, II Timóteo 4.5, II Timóteo 3.11, II Tessalonicenses 1.4, II Coríntios 6.4, II Coríntios 1.5-7, Romanos 8.18, João 16.33, Filipenses 3.10, Colossenses 1.24, II Timóteo 1.8, Tiago 5.10, I Pedro 5, Lucas 9.23, Mateus 16.24, Marcos 8.34, Lucas 9.23, Lucas 14.27, Romanos 5.3, I Tessalonicenses 3, Tiago 1.2 (deixa eu parar por aqui...) o que faço com todos estes versículos? Risco, rasgo a página ou jogo a Bíblia no lixo pra seguir a Osteen?
Não podemos esquecer que Jesus morreu na cruz com um propósito, qual?

Anônimo disse...

E aquela velha historia, tem gente que se foca no positivo e outro somente no negativo... Joe Osteen, esta mudando a vida das pessoas, com as suas palavras motivadoras, de Fe, e amor ao próximo... Esse sao os princípios que Jesus ensinou, e a maioria dos que se dizem cristão verdadeiros nao seguem nem o básico destes princípios.
Perda de tempo escutar esse cara procurando motivos para criticar Uma pessoa que esta fazendo algo de bom para o próximo.

Anônimo disse...

Bem, hoje em dia vemos muitas mensagens, boas e ruins sendo pregadas, e acredito primeiro que deva haver maturidade para se conseguir analisar, mas não vi ainda necessariamente nada contra a menagem de Osteen e compreendo a preocupação de Driscoll, mas não consegui ver por este vídeo uma auto-ajuda ou pela crítica de Driscoll algo plenamente correto.
Antes de sermos conservadores ou modernos na forma de anunciar o evangelho precisamos conhecer a Ele (Jesus), coisa que muitos, muitos mesmo já deixaram de fazer e procuram um pensamento ou doutrina para se acomodarem e não viverem o evangelho.
Jesus veio para nos dar vida em abundância, o que é isto? Não espere que os homens te digam, busque nele e nas escrituras o que significa!
Poderíamos estender demais isto, mas continuo apenas analisando tudo e retendo o que é bom!!!

Abraços!

Anônimo disse...

Os cristãos de agora estão acostumados a ouvir mensagens religiosas que não é evangelho tais como: "Deus está permitindo isso ou aquilo" tanto o que é mal como o que é bom, e isso descaracteriza DEUS. Quando se ministra a bondade, fidelidade e benignidade de DEUS dizem que é auto-estima. Que faremos pois. O evangelho anunciado a ABRÃO foi de que ele seria pai de grande nação. dizer isso a um velho de 99 anos É PARA LEVANTAR A AUTO-ESTIMA DE QUALQUER UM. Louvo a DEUS pelo JOEL OSTEEN, que o SENHOR conceda muitas mensagens para levantar a tenda caída do povo de DEUS que lamentávelmente, VAI CHORANDO, GEME E CHORA.

Jonas Nóbrega, Pr.