domingo, 22 de março de 2009

Carta ao pregador “avivalista”

Caríssimo pregador “avivalista”. Desde que entrei na primeira igreja pentecostal você tem aparecido nos cultos que freqüento. Você já faz parte das celebrações que minha família e eu participamos. Você não me conhece, mas eu já o conheço pela convivência constante. Nessa carta, caro pregador, quero expressar algumas preocupações que surgem sempre que você sobe no palanque e toma o espaço no púlpito. Eis as minhas preocupações:

01.   Suas pregações levam todas as pessoas a uma emoção explosiva, mas nunca a uma reflexão profunda. 

Ora, caro “avivalista”. Suas pregações são sempre estrondosas, levam os nossos tímpanos a sofrerem com tanto barulho. As emoções chegam à flor da pele por meio de sua poderosa retórica. Somos constrangidos a imitar seus gestos e suas ordens de olhar para o irmão do lado e repetir isso e aquilo.

O problema, caro pregador, é que saímos dos cultos vazios e sem nenhuma base nas Sagradas Escrituras para enfrentar a vida. Ora, seus gritos são como uma festa baladeira, sendo muito barulho sem conteúdo e nem conexão com a vida. Barulho de lata vazia!

02.   Você tem desprezado sistematicamente a Bíblia em suas preleções.

Por que os “avivalistas” nunca pregam expositivamente? Por que suas pregações temáticas são recheadas de equívocos exegéticos e abusos de metáforas? “Avivalista”, não se esqueça que não existe avivamento sem as Escrituras. Cansei de ouvir você repetindo os mesmos testemunhos e teatralizando as histórias bíblicas, mas nada de aplicabilidade da Palavra para as nossas vidas. Ora pregador, como pode conforma-se com tamanha superficialidade?! Quanto o caríssimo cita a Bíblia, a usa para aprovar suas idéias e não para ser moldado pela Santa Palavra.  

Por que não usa um pouco do seu recheado cachê para investir melhor em seu ministério?

 03.   Você só pregar triunfalismo!

Ora, pregador. Será que o seu disco é arranhado? Você só fala em vitória, vitória, vitória, vitória, vitória, vitória, vitória, vitória, vitória e vitóóóóóóriaaaa! Esqueceu que a Bíblia tem assuntos como Trindade, regeneração, justificação pela fé, fruto do Espírito, mordomia cristã, sofrimentos dos justos, vida devocional, dons espirituais, vinda de Cristo, ressurreição dos santos e de Cristo etc.? Pare de iludir as pessoas, como promessas infundadas de uma vida no mar de rosas. Ora, foi isso que Cristo prometeu? Como você sempre diz? Quais os evangelhos que você tem lido ultimamente? Será de Mateus, Marcos, Lucas e João ou de algum palestrante guru de auto-ajuda?

04.   Suas pregações são personalistas.

“Avivalista”. Muitas vezes penso que estou ouvindo um semideus! É impressionante quanto vezes Deus fala áudio-visualmente com você todos os dias. Você parece que nem precisa de mediador. Fico espantado com sua autoconfiança, pois sua arrogância agressiva fere muitos dos que ouvem suas mensagens. Quantas vezes você conta testemunhos tremendos do seu próprio ministério, mas só falta ordenar: “Louvado seja eu”! Responda-me, você já foi ao céu quantas vezes? Mas a minha maior curiosidade é porque você volta de um lugar tão maravilhoso?

Encerro aqui essa missiva. Penso que você é consciente de muitos dos seus equívocos, mas quer continuar nesse conforto. Ah, não adianta jogar pragas, pois não acredito nelas!

16 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Gutierrez!
Graça e Paz!

Parabéns amigo!

Vamos imprimir para entregar nas escadarias dos púlpitos? rsrrs.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Anônimo disse...

Gutierres, a paz do Senhor!
Muito real este texto.
O "avivalista" falta ordenar “louvado seja eu” diretamente, mas ordenam disfarçadamente quando passam mais tempo da pregação falando de si e de seu ministério do que da Palavra, e quando insistem para o povo obedecê-los, e até intimidando os mais sensatos que não se dobram a eles. Há muito tempo eu também tenho essa mesma curiosidade: Por que voltar para esse mundo corrompido depois de ir ao céu? Será que eles acham melhor aqui que o céu? Pelo que consiste as pregações desses avivalistas, aqui deve ser melhor para eles, visto que ressaltam uma vida somente de vitórias, apontando mais para a vida terrena do que a vida eterna. Parecem que estão ensaiados a chamar de murmuradores os que não concordam com eles.
Silene

Estudos Bíblicos disse...

Legal essa carta ao pregador "avivalista".

Ev. André Moreira disse...

ue excelente texto!Parabens irmão Gutierres!Acho que vou seguir a sugestão do Pr.Carlos Roberto - imprimir e distribuir no pulpito!
rsrsrsrsrsrsrs

Anônimo disse...

Será que um pregador "avivalista" vai ler a carta. Gostei da idéia do Pr Carlos de imprimir e entregar nas escadarias.
Antigamente "avivalista" era o pregador que chamava os pecadores e desviados ao arrependimento, hoje são verdadeiros "showmasters" e atrás de toda gritaria e espetáculo de circo, muitas vezes escondem sua pobreza espiritual e miséria.
Abraços,
Matias

Rodrigo Santos disse...

Vou com o Pr CArlos Roberto nas escadarias sera excelente pro "Avivalista" sempre ler antes de suas preleções ! Muito bom texto !!

Anônimo disse...

Gutierrez, já está na hora de você assumir um ministério pastoral e colocar em prática todas as suas convicções quanto á "forma ideal de se conduzir o rebanho do Senhor". Sim, pois, é isto que me vem à mente nas poucas vezes que leio seus textos.

Ao invés de sempre tentar se promover através de críticas a estes infelizes aclamados "avivalistas", talvez fosse mais produtivo empregar seu precioso tempo em preparar os "profundos sermões expositivos" que você tanto gostaria de ouvir nos púlpitos.

Simplesmente criticar os triunfalistas, avivalistas, "semi-deuses", etc, é tarefa extremamente fácil. E alerto que se cuide para não ser você também inflamado por aquilo que é combustível para "eles", o aplauso dos homens.

Passe a publicar "séries" dos seus sermões expositivos. Sugiro que comece pelos evangelhos. Será que teria coragem para isso? Ou a possibilidade de perder "ibope" no blog te faz recuar?

Sim, pois, a maioria dos que lêem suas críticas a tudo que encontra de errado no atual contexto evangélico, sempre concordam e vibram assim como o fazem os ouvintes dos "avivalistas", porém, será que fazem aquilo que entendem ser o correto?

Tomara que a sutileza da destruidora busca pela fama, não os impeça de pregar o evangelho genuíno.

Da próxima vez que visitar este espaço, espero ter algo profundo que me leve meditar, ok?

Até mais.

Kleber.

Gutierres Siqueira disse...

Pr. Carlos Roberto, Silene, “Estudos Bíblicos”, Ev. André Moreira, Matias, Rodrigo Santos...

Obrigado pela participação. Sobre imprimir esse texto seria legal, só tomem cuidado para não ser queimado em protesto de um avivalista de fogo! rsrsrs

Gutierres Siqueira disse...

Caro Kleber,

Olha, esse blog foi criado com um propósito apologético. Se você não gosta desse estilo, tem toda a liberdade de procurar outros sites. O que não faço é mudar a pauta dos meus trabalhos por questão de antipatia de alguns leitores esporádicos, que quando opinam são para expressar uma visão antiapologética.
Saiba que já publiquei algumas de minhas pregações nesse blog. Não publico mais, pois pouco prego. Mas sempre que pregar, quero aqui nesse espaço publicar o texto da pregação. Ah, também não entrarei no ministério pastoral para provar nada a ninguém. Só exercerei o pastorado se o Senhor me chamar!
Você insinua que eu só que audiência. Como julgas tão precipitadamente? Se eu quisesse audiência, não escreveria sobre apologética, mas sim contaria umas experiências exóticas, testemunhos tremendos e prometeria curas e prosperidade. Aliás, minha audiência é tão pequenina perante os “avivalistas”.

Anônimo disse...

Caro irmão gutierres,
Paz do Senhor Jesus!

Espero que voce publique meu comentário pois trata-se apenas de uma opinião contraria ao que voce tem demostrado em seu blog.

Permita-me mas tenho que concordar am alguns pontos do comentário do Kléber, embora em outros pontos não possa concordar.

Mas quando ele diz que voce quer se promover com postagens com críticas e assuntos que não levam a lugar algum creio que ele tem razão. Não estou julgando voce, mas estou partindo do ponto de vista do que vocÊ tem demostrado.

Recentemente voce publicou em seu blog uma crítica a um presbítero de sua igreja o chamando-o de infantil quando publicou em seu blog "a infantilidade nas eleições das CGADB". Como voce pode fazer uma coisa dessas a um lider seu? E se não for seu lider, ele pode errar como qualquer outra pessoa.

Se ele for de sua igreja não seria mais fácil voce contestar a ele pessoalmente do que publicar um possivel erro na internet? Meu irmão, voce tem entrado em um caminho de críticas e criado injúrias que não te levarão a lugar algum. O pior é que voce tem ficado tão conhecido na blogosfera Cristã que não assume mais os erros que voce comente aqui, como se assumir erros fosse vergonhoso.

Seu argumento que este espaço é apologético não condiz com o que voce tem feito pois voce gera mais polêmicas do que edificação agindo desta forma.

Simples, é melhor voce assumir que tem se deixado levar para a polemica e cristicas exaustivas do que continuar passando uma imagem ruim de seu blog e de voce mesmo.

Ah, o fatod e eu postar como anônimo é pelo simples fato de que a maior parte dos blogueiros aproveitam uma opinião como está pra julgar as pessoas devido9 a seu coemntário contrário do que a maioria pensa e concorda, então prefiro comentar assim.
Deus te abençoe!

Ev. André Moreira disse...

Caro Kleber , o trabalho apologético não deve sofrer solução de continuidade ou seja ,é necessario e urgente!
O trabalho feito pelo irmão Gutierres , não dá "ibop" , como voçe infelismente afirmou . Ter compromisso com o genuino Evangelho de Cristo tem preço...
Não devemos partir para ataques pessoais quando nos falta argumentos e base biblica . o proposito do blog é afirmar a pura teologia pentecostal .Sobre sermões expoxitivos , creio ,não faltará oportunidade para o irmão Gutierres publica - los ,segundo seus planos.Aliás não vejo Jesus e nem nenhum de seus apostolos apelando para "semões " triunfalistas . Vejo sim a exposissão da Palavra de Deus...
Um abraço,

Anônimo disse...

Essas verdades precisa ir para nossos pulpitos.

Abraço
Alan
www.leidosentidocomum.blogspot.com

danilo disse...

Ezistem muitas coizas boas que podem ser retirados desse testo,os avivalistas dos dias de hoje so querem saber de falar de chave, riqueza em fim a moda agora e falar só de prosperidade ; agora eu pergunto cade asalvaçÃo de almas cade as reconciliações aonde estão vidas que estão preparadas ´paras os combates do dia dia , é lametavel .O verdadeiro avivalista É aquele que prega a plenitude da palavra não sou contra pulos , adoração em alta voz não sou contra nada que vem da parte do ESPIRITO SANTO , condeno a ideia de dizer que o verdadeiro avivalista so quer fama suceso e aplauzos , overdadeiro avivalista É aquele que prega o genuino evangelho eu sou um avivalista que prega vida aos que estão mortos dentro e fora dos templos , você realmente falou coizas muito boas , mais nem todas são boas , vejo que eziste em você sentimento de indignaçâo você não é avivalista ? tudo bem mais saiba separar , ezistem os falsos e os verdadeiros mestres ou seja ezistem os falsos e os verdadeiros avivalistas , A PAZ DO SENHOR.

pastor alexsandro costa disse...

gostei meus parabens vou ate reproduzir no meu blog é claro que citarei a fonte, Deus abençoe

geferson padilha disse...

Amado Irmão, você simplesmente reproduziu em letras os meus sentimentos quanto a tudo que tenho visto e ouvido nestes últimos dias na igreja. Posso reproduzir esta carta em meu face com os devidos créditos a sua pessoa?
Gostaria muito que muitos dele lessem e ao menos alguns se convertessem.
Obrigadão meu irmão por dividir conosco o que Deus tem dado a você: esta visão.
Geferson Padilha.Alvorada/RS

Leandro Silva disse...

Jesus está voutando prefeito a palavra não importa se é eloquente ou não se é pentecostal ou teólogos nada disso vai ser a reatado estamos esquecendo as almas perecendo e nos preocupando com quem sabe mais ou quem prega mas lá no céu todos vão dizer santo santo