quarta-feira, 25 de março de 2009

Evangelho da Prosperidade: é isso o sal da terra? John Piper

5 comentários:

a verdade do evangelho disse...

Eu também odeio a teologia da prosperidade.

Pb. Edinei Siqueira

Anônimo disse...

Eu tambêm odeio a teologia da prosperidade... mas não sou radical! Eu gosto de pagar minhas contas em dia e não ter dívidas. "A ninguem fiquem devendo!" Não é isto que diz Paulo aos tessalonicences.
No ambiente em qual vivemos isto já é prosperidade e muita.
Porém não fica bem, pessoas prósperas falarem mal das pessoas que incentivam a prosperidade e acusá-las de materialistas. Conheço um pastor que faz isto e vive em um dos condomínios mais luxuosos de um bairro nobre de Sao Paulo... Até empresários "invejam" o tal de pastor anti-teologia-da-prosperidade.
Isto pode ser hipocrisia! Verdade ou não?
O problema dos defensores (e de alguns inimigos) da teologia da prosperidade é querer mostrar o que não são, viver em luxo que muitas vezes não podem pagar ou pagam por conta de ofertas de pobres e ignorantes "ovelhas". Isto é mundamismo. E 1.Joao 2:15-17nos ensina que é mundanismo. Muitos deixaram o Senhor tendo amado o presente século. A igreja está cheio de Demas. Lembram se deste companheiro do apóstolo Paulo? Na sua última carta (2a.Timoteo), Paulo lamenta que Demas desertou! E há muitos Demas entre os amigos e inimigos da teologia da prosperidade.
Abraço,
Matias

Sapão - André Luís Oliveira disse...

Excelente vídeo, Gutierres

A TDP é uma praga, é uma teologia para agradar egos e quem não crê nela ainda é acusado de falta de fé

Vamos ficar ligados, existem igrejas e pessoas sérias permitindo indícios dessa teologia, de tão difundida de que está (uma mentira contada muitas vezes acaba virando verdade)

julio cesar disse...

obedeça à Deus

julio cesar disse...

obedeça à Deus