terça-feira, 24 de março de 2009

Sexo entre solteiros!

Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da fornicação; destas coisas fareis bem se vos guardardes. Bem vos vá. (Atos dos Apóstolos, 15.29).

Sexo entre solteiros: um assunto espinhoso, mas não menos importante. Estatísticas indicam que as maiores partes dos jovens cristãos fazem sexo antes do casamento! Muitos jovens evangélicos casam com 16, 17 ou 18 anos, sem nenhum planejamento, pois estão loucos para desfrutar da sexualidade “estando livres do pecado”. Boa parte da igreja fecha os olhos como se o problema fosse inexistente.
Sexo antes do casamento é fornicação, logo constitui em pecado. Isso é indiscutível! Flexibilizar pecado é diabólico, relativizar a verdade é trágico, portanto afirmamos biblicamente o que todos já sabem: que o sexo é uma intimidade reservada ao casamento. Agora, perante números tão grande de jovens envolvidos com sexo, mostra que algo está errado entre as igrejas desse país.

Os três grandes mitos sobre a sexualidade entre os jovens

01. Poucos são aqueles que caem

Não, não são poucos. Infelizmente são muitos. Ora, uma hora ou outra você conhece um desses casos. Portanto, não se pode tampar o sol com a peneira. Para mudar essa realidade é preciso que se reconheça o problema.

02. O casamento resolve com as tentações

Grande engano! O casamento não é redentor! Quem tem uma sexualidade doentia quando solteiro, continuará assim depois do casamento, trazendo sofrimento para o casal. Portanto, o mal tem que ser contato pela raiz. O casamento não resolverá os problemas do jovem. Portanto, o trabalho de orientação sexual tem que começar cedo, para que o casamento já não comece dando errado.

03. Os jovens são bem orientados na igreja

Esse é o maior dos mitos. Claro, todos os jovens evangélicos sabem que fazer sexo antes do casamento é pecado. Todos sabem que não devem fazer isso, pois vão desagradar a Deus. O problema que muitos não entendem o porquê dessa restrição. Não conseguem contextualizar esse princípio bíblico diante de uma sociedade tão “sexualizada” como a atual. Muitos ainda não fizeram sexo por medo da disciplina eclesiástica e não por convicção desse mandamento.

Soluções equivocadas

Muitos jovens evangélicos estão casando muito cedo. Repito que isso cria mais problemas do que solução. Casamento sem planejamento tem tudo para a ruína. É claro que há exceções, mas a regra é cruel. Se a sexualidade fosse mais bem preparada, os jovens melhores orientados, talvez não tivéssemos tanto casos de jovens casando para morar com os pais, ou fazendo sexo ainda solteiros.

Conclusão:

Cabe a cada congregação trabalhar em conjunto com jovens, orientando e ouvindo suas angústias. Abrir espaço para o perdão daqueles que caíram e ensinar que os valores do cristianismo são para todos, em todos os tempos, em todos os espaços!

6 comentários:

Lucimauro Marques Ferreira. disse...

Gutierres.
Estou muito feliz por sua abordagem em relação a esse assunto,vc está de parabéns,e vou mais além,esse tema precisa ser mais discutido dentro das Igrejas.

percebemos uma carência muito grande dentro das congregações,é necessário que os Líderes encarem esse problema com empenho sem limite.

É muito Raro quando se ouvi falar que acontecerá palestras e ensinos sobre esse problema que afeta os jovens.

Essa Realidade precisa ser trabalhada dentros das Igrejas,pouco se investe nisso.
A paz.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Gutierrez!
Graça e Paz!

Parabéns pela postagem!
Esse é um assunto que a Igreja precisa encarar de frente.
Como vc.disse, tampar o sol com peneira não resolve a questão.

Debate, ensino e conscientização.
O restante sim, acredito na ação do Espírito Santo.

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Ev. André Moreira disse...

Não podemos eperar que os nossos jovens tenham "revelações"( o que não acontecerá) sobre o assunto! temos ,sim que arregaçar as mangas e partirmos para soluções criativas e urgentes!Palestras ,seminários etc ...
Parabens pelo texto!

Daniel disse...

Excelente post! Realmente é um problema sério, pois muitas igrejas abalizam casamentos que ocorrem muito cedo, sem qualquer maturidade por parte dos nubentes. Onde congrego, falo sem medo: a molecada casa logo pq quer transar. Ignorar isso é enganar-se a si mesmo.

Porém o maior problema é que as igrejas e suas lideranças nunca param para fazer um estudo do porquê sexo antes do casamento é problemático. Falar que é fornicação e ficar só nisso não vale. Também não adianta usar de abstrações como "o sexo é uma intimidade reservada para o casamento". Porquê? Como? O jovem precisa ser conscientizado e isto só ocorre se você explica a ele o porquê das coisas serem como são.

Aliás, fica como sugestão ao dono do blog: por ser jovem, escrever para muitos jovens e ser lido por muitos jovens, mister se faz um estudo de alguns posts (ou até um só, desde que bem objetivo) sobre a questão do sexo. O cristão precisa entender como isto é uma coisa maravilhosa, criada por Deus para o prazer do casal e pq a sua canalização para o momento certo e hora certa e com a pessoa certa é tão importante.

Marcia disse...

Irmão Gutierrez,

Sugiro a leitura de I Coríntios 7 que fala a respeito do casamento, divórcio e, logo no final, sobre o solteiro "guardar a sua virgindade". Desde adolescente, cresci com a ideia de que sexo fora do casamento era pecado, mas precisava encontrar na Bíblia sobre o assunto. Além dos versículos referentes à fornicação e prostituição, encontrei este capítulo que vale para meditação.

Deus te abençõe.

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado Gutierrez,

A paz do Senhor!

Verdade! O que está escrito em seu post é verdade, não podemos enganar aos jovens com pregações farisáicas, e desnutrida da verdade, desta forma, criaremos doentes na fé, e por seguinte, enfraquecidos por conto da carrochinha.

A todo o instante, solteiro, ou casado, como eu, com 3 filhas casadas, três genros e três netas, e 56 anos de vida, mesmo com as diversas experiências de poder com Deus, posso afirmar que, a cada dia nascemos para um desafio. E este será sempre conforme está em Apocalipse 20:10:

Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida

É importante informar aos desavisados de plantão, que quanto mais desejarmos a santidade e agradar a Deus, enfrentaremos um grande obstáculo, ou seja, acordar com a escolha sempre diante de cada um de nós: Sim ou Não, diante das ofertas do mundo.

O Senhor seja contigo em sabedoria e conhecimento. Sê tu um Atalaia, sem medo e temor, mas, com grande temor.

pr. newton Carpintero
www.pastornewton.com