terça-feira, 30 de junho de 2009

Feridos em nome de Deus


Caros irmãos,

A jornalista Marília de Camargo César lançará hoje (30 de junho de 2009) o seu primeiro livro para o público cristão. Trata-se da obra Feridos em Nome de Deus (Editora Mundo Cristão), que traça muito bem o problema de abuso de poder por parte de alguns pastores evangélicos, com suas práticas dominadoras.

O lançamento do livro será na Livraria Cultura do Shopping Vila Lobos, a partir das 19h30.
O Shopping Villa Lobos está situado à Av. das Nações Unidas, 4.777 - Alto de Pinheiros, São Paulo - SP. A Livraria Cultura fica no segundo piso. O acesso é muito fácil, principalmente de trem.

Eu já li o livro e recomendo a todos, tanto aos membros e aos pastores.

4 comentários:

matias Heidmann disse...

Estava na hora de um livro que aborda esta questão. Eu não li ainda o livro, mas fico interessado. Apenas espero que não seja apenas critico em relação a pastores/líderes carismáticos, pois pastores/líderes que ferem existem em todos os segmentos do cristianismo evangélico.
Grande abraço,
Matias

Gutierres Siqueira disse...

Matias, a paz!

Esse é um fato interessante do livro, pois ela mostra que o problema não está somente nos meios carismáticos. Ela aborda inclusive casos em igrejas tradicionais.

Anônimo disse...

o SR HUMANO não sabe lidar com o Poder.Fica deslumbrado, se achando acima do bem e do mal,acha que não vai nem morrer.Já presenciei pastores e padres humilhando e dando bronca em fiéis, nos cultos e missas como se eles fossem o dono da verdade e da razão.Interfere na vida,manda e desmanda, dita ordens no dia a dia do casal, dos filhos, de todos.E acham que estão certos pois tem carta de procuração de "DEUS" pra isso.Só que eles já estão agindo como se fossesm o próprio "DEUS".Estão abusando do poder que tem.E maltratando os fiéis,abalando a saúde emocional e psicológica deles e delas.

Anônimo disse...

Não li o livro e espero encontrá-lo em Fortaleza.Seria importante que esses abusos contra o ser fragilizado,sejam vistos pelo direto penal