domingo, 28 de junho de 2009

Isto é uma vergonha!

Lendo o blog do amigo evangelista Daladier Lima, me deparo com uma notícia desagradável noticiada pela Agência Estado. Leia a matéria (em itálico) e eu comento depois:

Assembleia de Deus já pede voto de fiéis para 2010

O bispo Manoel Ferreira, presidente vitalício da Assembleia de Deus e deputado federal (PTB-RJ), tem mandado cartas aos pastores importantes da igreja, a maior denominação evangélica do País - com cerca de 3,5 milhões de adeptos - para pedir votos ao também pastor Dilmo dos Santos para deputado estadual em São Paulo nas eleições do próximo ano.

Obtida pelo jornal O Estado de S. Paulo, a correspondência tem tom ameaçador e deixa claro aos pastores presidentes de campo (responsáveis pela administração de uma média de 50 templos) que seus cargos são de confiança e eles estão obrigados a apoiar o candidato.

"Esta eleição me mostrará quem são meus amigos e homens de confiança através dos mapas eleitorais. (...) Oro a Deus que não tenha nenhuma surpresa negativa, o que evidenciaria em quebra de confiança", diz o texto.

Ferreira determina aos pastores em outro trecho que rompam qualquer acordo com outro político. "Mais vale a presidência de uma igreja e a confiança de um presidente nacional vitalício que qualquer acordo político contra a nossa vontade."

A seguir, o dirigente conclama os pastores a iniciar imediatamente o que chama de "conscientização" da pré-candidatura. "Não vamos iniciar o trabalho na época da eleição", defende. A legislação define a data de 6 de julho do ano de pleito, ou seja, daqui a pouco mais de um ano, para o início da propaganda política.

Presidente da Assembleia de Deus em Piracicaba, interior de São Paulo, Dilmo dos Santos não vê nenhuma irregularidade na propaganda antecipada.

"Esta é uma decisão interna corporis da igreja. Eu tive minha pré-candidatura aprovada em um congresso da denominação em novembro do ano passado, em Bauru. Além disso, não estou fazendo campanha, sou apenas pré-candidato indicado pela instituição e não temo que a carta seja interpretada como campanha antecipada", disse.

Procurado pela reportagem durante três dias, o bispo Manoel Ferreira não retornou às ligações com pedido de entrevista.

Comentário:

Pois é, o que posso comentar? Melhor lamentar, pois quem sabe ainda reste um pouquinho de esperança. Mais uma vez o terrível e pernicioso “coronelismo pentecostal” se manifesta. E o coronelismo não combina com ética, mas sim com um pragmatismo amoral. O amado pastor candidato (aliás, pré-candidato), não vê nada demais em fazer campanha eleitoral fora de tempo, quando isso é proibido pela lei do país. O que comentar? Se lamentamos pela falta de ética dos nossos governantes, como temos visto a crise no Senado, então só podemos lamentar por esse episódio. Se aquela carta não é uma campanha antecipada, ela é o quê? Sejamos coerentes com a inteligência das pessoas!

Não podemos nos calar diante dessas questões anti-éticas. Cadê os protestos do povo de Deus? Onde estão os “protestantes” que pararam de protestar? Ainda naquela linguagem “espiritual” o amado bispo-deputado diz: “Oro a Deus que não tenha nenhuma surpresa negativa, o que evidenciaria em quebra de confiança”. Ameaça velada usando o nome de Deus. Será que esquecemos que usar o nome de Deus em vão é pecado?

Hoje em dia o “poder pentecostal” se confundiu com poder sobre os homens, a política, as grandes empresas... Oxalá que pudéssemos viver com o princípio dos pioneiros do pentecostalismo, que nada viam na glória dos homens, mas sim no Reino de Deus! Ao dito pastor (pré) candidato já fizeram até uma música que passa todos os sábados em um daqueles programas “evangelísticos”.

Ah, sem mais, encerro minhas palavras. Mas lembre-se, aí daquele que não votar no irmão, pois...

12 comentários:

EBERPBG3 disse...

É caro amigo !!

Tem que entender uma coisa ! O tal do "coronelismo " é limitado! . Ele vai até onde conseguir ganhar com isso.
Depois disso , segue o disparate dos escandalos , eai todos voltam bomzinhos arrendidos com sua cara de soldado ferido eo bla bla bla de sempre.


Resumo da Historia

" A verdadeira igreja sempre foi e será perseguida , e nao há outro método de crescimento "

Enquando estamos humilhados de baixo da presença da Graça de Deus , estamos mais forte , e isso é provado pela historia !

e nao defendo a teologia de minimismo nao emm!!!!
so que , quanto a politica a igreja deve agir dessa forma.

A AGÊNCIA DE VIAGENS QUE CUIDA DE VOCÊ COM CARINHO disse...

Oração da amizade...

Jesus, obrigada por tudo com o que o Senhor
me presenteou até agora.
Obrigada pela saúde que não me faltou,pela minha família, pela minha casa,
pelo alimento que nela entrou, pelo trabalho.
Obrigada por tudo o que me deu com amor,como ensinamento.

Ah Senhor....
Quero agradecer especialmente por um ser humano que cruzou o meu caminho.
Este ser humano Jesus,
Tornou-se um grande e eterno amigo...
Uma pessoa que já é tão especial pra mim...
Peço Senhor que ilumine todos os seus passos
e o guarde de todo mal.
Traga sua família sempre unida...
abençoando cada membro dela.
Quero agradecer-lhe Jesus, de todo coração,
Pois entre tudo que ganhei,
Este foi o maior e melhor presente.

Ahh, esqueci de dizer:
A pessoa a quem me refiro é a mesma que está acabando de ler essa mensagem."
Amém...

Graça e paz!
Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

Matias Heidmann disse...

Gutierres,
já o inicio do artigo diz tudo:
o "bispo" e "deputado"! Ou você tem um chamado para ser pastor de ovelhas ou o chamado para ser homem público. O famoso William Wilberforce abriu mão de ser pastor (o que ele queria ser) para se dedicar a vida pública. Diferente de nossos deputados evangélicos ignorates e corruptos, ele influenciou o seu país com valores cristãos, contribuindo para abolição da escravatura.
Na igreja AD (e outras "grandes") os poderosos não conseguem mais fazer diferença entre política e ministério cristão. E quando estão no ministério "escravizam" seus súditos.
É o começo do fim.
Deus tenha misericórdia de nós!
Matias

Anônimo disse...

Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou.

Paulo Mororó disse...

Caro irmão, a Paz do Senhor.

Excelente postagem. É sempre muito interessante o exercício da autocrítica de fatos ligados ao grupo ou ao movimento que dizemos pertencer.
Foi revelante e oportuna, pois os líderes que se enquadram neste perfil político precisam saber que existem pessoas que estão ligadas, linkadas e conscientes da importancia política e cidadã que a Igreja pentecostal tem neste país.
Parabéns!
Um abraço
PAULO MORORÓ

Matias Borba disse...

Caro Gutierres,
Graça e Paz!

"Não podemos nos calar diante dessas questões anti-éticas. Cadê os protestos do povo de Deus? Onde estão os “protestantes” que pararam de protestar?"

Aí até eu me pergunto onde estão estes.
Conversando com um amigo por esses dias sobre este episódio, o mesmo me disse em alto e bom tom que não precisamos protestar quanto a essas coisas, pois quem cuida disso é Deus.

Talvez seja por isso que coisas assim frequentemente ocorrem em nosso meio, o coronelismo narcisista.

Daladier Lima disse...

Você precisa é ler o comentário de uma leitora de nome Tatiana e a réplica que fiz. Infelizmente, há membros que pensam que seus pastores estão certos quando enveredam em caminhos como este. Por medo, omissão ou indolência.

Anônimo disse...

AH se o "remendo moon"ficar sabendo,não pediu votos pra ele,hehehehe.



MARIO.

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

1. Prezado Gutierres, deixo duas máximas de Lord Acton sobre esse texto que como você bem disse "é uma vergonha":

"O poder tende a corromper e o poder absoluto corrompe absolutamente"

"O poder é mais intoxicante que a bebida e mais vicioso que as drogas".

abraços, Pr Marcello de Oliveira

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Gutierrez,
Graça e Paz!

Creio que tudo já foi dito sôbre o assunto nesta postagem, bem como nos comentários.

Apenas registro meus cumprimentos e minha lamentação!

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Flavio disse...

Isto já passou dos limites.Até mesmo do Coronelsimo-eclesiástico!EM MATÉRIA DE PICARETAGEM É O MÁXIMO. Mateus 7:22 neles.

Anônimo disse...

Talves seja o tempo de comecarmos a nos preocupar, pois uma igreja Romana deu inicio a uma insatisfacao que trouxe o protestantismo...sera que teremos um outro cisma a partir deste " podre protestantismo atual"?
Os DONOS das Convencoes Gerais das Assembleias de DEUS agora sao os donos da igreja, mandam em pastores e os ameacam como a empregados....VOOOLTAAAA JESUS