segunda-feira, 20 de julho de 2009

Como é bonito

Nem só de coisa feia vive a igreja evangélica contemporânea. Ainda temos traços muito bonitos. São pessoas e fatos que mostram um ponto de esperança para o nosso futuro.

- Como é bonito ver irmãos e irmãs relatando a conversão de seus parentes. Pessoas que mostram um grande amor pelos seus e se preocupam com a eternidade dos objetos do seu amor.

- Como é bonito ver pessoas que fazem grupos de oração e estudo bíblico. Reúnem-se para edificação de suas almas. E depois se reúnem para evangelizar, tendo como objetivo conquistar pessoas para o Reino de Deus.

- Como é bonito ver adolescentes e jovens interessados no estudo das Escrituras, que se retiram para um seminário e dedicam anos para aquele fim.

- Como é bonito ver a paixão de missionários pela obra de Deus. Pessoas que largam uma vida confortável nas grandes cidades para evangelizar índios, vilarejos e muitas nações hostis ao Evangelho.

- Como é bonito ver linguistas cristão dedicarem anos de suas vidas para a tradução de Bíblias a dialetos e línguas sem versões do Santo Livro.

- Como é bonito ver orquestras cheias de músicos dedicados e que louvam a Deus pela música clássica.

- Como é bonito ver pessoas que foram rejeitados pela sociedade, mediante a exclusão social na incompetência das políticas de Estado, que quando chegam numa pequena igreja acham a dignidade.

Felizmente há outros exemplos bonitos que assim poderiam ser mencionados.

3 comentários:

Mario disse...

Amém, a Igreja invisível, o corpo místico de Cristo, nunca será abalado, embora necessário, as instituições historicamente estão fadadas ao fracasso, mas não a Igreja de Cristo. Aleluia!

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Gutierrez Siqueira,

A Paz do Senhor!

Parabéns,
Gostei muito e me emocionei com o seu texto, afinal, tinha acabado de postar um texto com o seguinte título:

"Os cãs ladram, mas a Igreja prossegue para o alvo!"

Confira no Point Rhema.

Um grande abraço!
Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Sos Gospel disse...

Bela iniciativa irmão! Gosto de ver coisas boas também! um abraço!