terça-feira, 17 de novembro de 2009

Contas da Universal movimentaram R$ 1,4 bi

LEIA MATÉRIA DO JORNAL “FOLHA DE S. PAULO”

Transações financeiras sob investigação foram geridas por empresas fora do país relacionadas a cinco doleiros brasileiros

Promotores determinaram devassa nas offshores para tentar encontrar a quantia exata ligada ao fundador da igreja, bispo Edir Macedo

RUBENS VALENTE
MARIO CESAR CARVALHO
DA REPORTAGEM LOCAL


O pedido de cooperação internacional feito pelo Ministério Público de São Paulo ao governo dos EUA para investigar as contas relacionadas ao bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal, tem como alvo a movimentação financeira de seis empresas "offshores" ligadas a cinco doleiros brasileiros. Elas movimentaram, somente nos EUA, pelo menos US$ 862 milhões, ou R$ 1,47 bilhão, ao câmbio de ontem.

O valor foi obtido pela Folha a partir dos arquivos da CPI do Banestado e de decisão tomada em 2005 pelo juiz federal do Paraná Sergio Moro, que acolheu denúncia contra operadores da casa de câmbio Diskline.

A agência, que tinha sede em São Paulo e filial carioca mas hoje está desativada, é investigada por suposto envio, fora do canal do Banco Central, de US$ 1,8 milhão para uma conta da Universal nos EUA, como a Folha revelou em setembro.

A devassa pedida pelos promotores atinge toda a movimentação das seis "offshores" (sediadas em paraísos fiscais), mas nem todo o dinheiro está relacionado à Universal. Há indícios de que se tratavam de "contas-ônibus", que abrigam recursos de diferentes empresas e pessoas brasileiras.

O pedido dos promotores foi encaminhado há duas semanas ao Departamento de Justiça americano pelo DRCI (Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional), órgão do Ministério da Justiça. O departamento americano repassou o pedido para a Promotoria de Nova York, que analisa o caso.

O objetivo da cooperação é obter documentos que possam ser usados na ação penal que tramita desde agosto em São Paulo contra Edir Macedo e nove pessoas da igreja por supostas lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Além disso, os promotores fizeram um relatório aos seus colegas americanos Adam Kaufmman e Jon Lenzner pelo qual avisam que "fatos narrados" no Brasil "revelam crimes e irregularidades ocorridos nos Estados Unidos".

Os promotores pediram bloqueio e apreensão de documentos relativos a 15 contas das "offshores" Milano Finance, Florida Financial Group, Pelican Holdings, Ourinvest, Dartley Holdings e a subconta chamada "Titia", na empresa Beacon Hill, fechada em 2003 pela Promotoria de Nova York por transmissão ilegal de fundos. Elas movimentaram -soma de entradas e saídas de dinheiro-, entre meados da década de 90 e 2003, respectivamente US$ 759 milhões, US$ 56 milhões, US$ 36 milhões, US$ 4,1 milhões, US$ 2,2 milhões e US$ 5 milhões.

De acordo com a investigação, essas contas se relacionavam a empresas ligadas à igreja, como a Cableinvest e a Investholding, sediadas em paraísos fiscais. A igreja trazia o dinheiro de volta ao Brasil por meio de empréstimos de fachada concedidos por essas duas empresas a membros da igreja.

Para promotores, o dinheiro foi usado para comprar veículos como a TV Record, negócio avaliado em US$ 22 milhões.

4 comentários:

Jan&Jú disse...

Uma raposa vinha andando livremente,quando olhou para um cacho de uvas, ela achou as uvas, bonitas, lindas, saborosas, e tentou as uvas alcançar. Mas não conseguiu alcançá-las, então no mesmo instante, começõu a dizer...
Elas não eram tão bonitas assim, elas não eram tão gostosas assim...

Catedral
- Filhos de Caim

Anônimo disse...

SALMOS 23
VERSÃO: UNIVERSAL - IURD

O Senhor NÃO é o meu Pastor, EDIR é, por isto nada me faltará!

Deitar me faz em um grande ENCOSTO, guia-me ENGANOSAMENTE por ÁTRIOS fraudulentos!

CAUTERIZA a minha alma, guia-me pelas veredas da INJUSTIÇA, por amor do seu nome!

Ainda que eu ande pelo VALE DA SOMBRA DA GLOBO, não temerei mal nenhum, a tua LÁBIA e o teu DISCURSO me confortam!

Preparas uma MESADA perante mim, na presença dos meus INIMIGOS GLOBAIS!

Certamente que a bondade e a misericórdia, não me PERTURBARÃO nem um dia da minha vida. E habitarei nos PALÁCIOS do Senhor EDIR, por longos dias!


SALMOS 1

VERSÃO: UNIVERSAL - IURD
A FELICIDADE DOS INJUSTOS
E A RECOMPENSA DOS TRAIDORES

Bem-Aventurado o OBREIRO que anda segundo o conselho dos BISPOS, que se detém no caminho dos ENGANADORES, e que se assenta na roda dos EXPLORADORES!

Que tem o seu prazer na LEI do Senhor EDIR, e na sua LEI anda de dia e de noite!

Pois será como a ARRUDA plantada junto ao ALTAR, a qual dá a sua AJUDA na reunião própria, e cuja as folhas não FALHAM, e tudo que vier dela, PROSPERARÁ!

Não são assim os CRENTES, mas são como a farinha que o vento espalha!

Pelo que os BISPOS não subsistirão ao “JUIZ”, nem os ENGANADORES nas cortes dos justos!

Porque o Senhor EDIR não conhece os CAMINHOS DOS JUSTOS, mas os CAMINHOS DOS BISPOS, perecerá!

Carlos Roberto Martins de Souza
crms2casa@hotmail.com

Moisés Ruviaro disse...

Irmao, quando entrei em seu blog o logo dizia assim:

Reflexoes sobre a doutrina e a espiritualidade do pentecostalimso

Mas logo me deparei com esta noticia, e me perguntei, aonde foi parar a reflexao sobre a doutrina e/ou a espiritualidade do pentecostalismo?

Aceite um conselho irmao, deixe essas "fofocas" sobre igrejas e outros ministérios para os jornais e programas de TV, este mundo tem sede da palavra de Deus, e quanto mais portas se abrirem parar pregar, esclarecer e proporcionar uma reflexao genuina sobre o Evangelho de Cristo, melhor.

Isto nao nos cabe a nós, difundir ou divulgar. Amem?

Abraços

Elizeu Rodrigues disse...

Acompanhando o mesmo raciocínio do irmão Moisés Ruviaro, coloco em foco e o que penso deveria ser apresentado por este blog:

1-QUANTOS BILHÕES NOSSA IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS MOVIMENTA NO ANO?
R:

2-QUANTOS MILHÕES A CGADB MOVIMENTA NO ANO?
R:

3-QUANTOS MILHÕES SÃO PAGOS A PASTORES DA AD NO BRASIL E MUNDO?
R:

Se respondermos estas três, que são a trave em nossos olhos, poderemos atentar ao cisco nas demais denominações e, com todo respeito, colocar nosso "bedelho".