quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Discernindo o bom entretenimento

Por que muitos evangélicos são fascinados por teorias da conspiração ou pelas ditas "mensagens subliminares"? Esse fascínio por descobrir o satanismo no entretenimento leva alguns evangélicos para afirmações absurdas e incoerentes.A visão maniqueísta, como se tudo que não fosse relacionado à igreja estaria sobre o domínio dos demônios, não é biblicamente sustentável. Os evangélicos devem tomar cuidado para não desprezar o entretenimento sem um discernimento saudável e baseado nos princípios da Palavra de Deus. Quem é cristão não repele e nem abomina o entretenimento sem uma avaliação criteriosa dos princípios ensinados em filmes, desenhos, livros, novelas etc., confrontando esses conceitos com as verdades da Santas Escrituras.

4 comentários:

L. H. Dessart disse...

No caso, parece que há medo e preguiça para se discernir aquilo que é visto, ouvido, lido, por parte dos evangélicos. Aí, na dúvida, é mais fácil ficar com o que não é "do mundo"...

Abraço!

Ismael Lima disse...

Eu já vi muita explicação absurda sobre mensagem subliminar em músicas e filmes "não-cristãos". Ocorre que de uns tempos para cá eu tenho percebido que, contrário ao que alguns pensam e dizem, muitas músicas e filmes tem mensagens subliminares sim, mas mensagens cristãs! Eu não sei se é por que estou intoxicado de Bíblia, mas consigo ver Cristo até em Within Temptation.

Entendo que às vezes precisamos deixar certas coisas por algum tempo (e aqui não incluo apenas música ou cinema) para nos dedicarmos ao Senhor. Isto é bom. O que não acho legal é estabelecer regras a respeito destas coisas particulares com base no "não pode", "não pode" e "não pode".

No mais, teu blog continua ótimo, parabéns.

Cristiano Silva disse...

Sobre este assunto, que me interessa muito e também já comentei no meu blog, recomendo o ótimo livro O Cristão e a Cultura, de Michael Horton. É um dos meus livros preferidos, e tenho certeza que engrandecerá muito o povo de Deus nesta matéria.

Boa observação. God bless

Mario Sérgio disse...

Muito oportuno esse comentário. De vez em quando alguns irmãos ou ensinadores, começam uma verdadeira caça as bruxas, onde observam certas mensagens subliminares em filmes, desenhos e músicas. Cria-se um clima de desconfiança e medo absurdo, em que qualquer coisa pode ser do Diabo. Eu acredito, que existem coisas mais importantes do que querer achar demônios em coisas insignificantes. Não que a publicidade ou a mensagem subliminar não existam. Mas tem coisas que passam do limite do bom senso.