quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Julio Severo critica o blog Teologia Pentecostal

Na última segunda-feira escrevi um artigo (leia aqui) criticando a ideia que Julio Severo tem defendido no seu blog em relação ao Haiti. Para o blogueiro Julio Severo, o Haiti está sendo castigado por Deus devido os pecados do vodu, uma religião tribal que divide o espaço com católicos e protestantes naquele país. Leia o artigo de Julio Severo nesse link. Nesse texto, Julio Severo critica o meu blog, assim como o Genizah e o Púlpito Cristão, que também escreveram contra as ideias de Severo. As críticas são direcionados principalmente ao Danilo Fernandes, mas se aplicando aos três blogueiros.

- Julio Severo reclama de uma linguagem inadequada.

Quem leu meu artigo sabe que não utilizei nenhum adjetivo pejorativo contra Julio Severo. Aliás, esse blog não combate pessoas, mas as teses de algumas pessoas.

- Julio Severo alega que os reformadores diriam o mesmo que ele.

Eu divido muito. Severo não apresentou nenhum texto de Martinho Lutero e João Calvino para provar esta afirmação. Mesmo que tivesse, a base da nossa fé é a Bíblia Sagrada, e não as opiniões de Lutero ou Calvino. Concordamos com os reformadores quando esses concordam com a Bíblia.

- Julio Severo reclama que ninguém contestou as passagens bíblicas apresentadas por ele.

No primeiro artigo Severo apresentou dois versículos: Deuteronômio 18. 10-12, onde há uma condenação as práticas de feitiçaria. Ora, é claro que a Bíblia condena a feitiçaria. O que vamos contestar? Danilo Fernandes, Leonardo Gonçalves e eu, jamais defendemos a feitiçaria. Isso é muito óbvio para continuar escrevendo. Outra passagem citada por Severo é Apocalipse 9.21, onde há uma condenação as práticas de feitiçaria. E daí? Alguém escreveu que o vodu não seja pecado? Todos nós concordamos que o vodu é uma prática idólatra. A mesma passagem condena a prostituição. Por que, então, Deus não mandou um grande terremoto para a Holanda, o paraíso da prostituição organizada?

O grande teólogo reformado Matthew Henry escreveu no século XVIII um dos melhores comentários bíblicos. Falando da passagem de Lc 13. 1-5; Henry escreveu:

Não podemos julgar os pecados dos homens por seus sofrimentos nesse mundo. Porque muitos são lançados na fornalha como ouro para serem purificados, não como a impureza ou a palha que é consumida. Portanto, não devemos ser severos demais em nossas censuras contra aqueles que são mais afligidos do que os seus vizinhos, como os amigos de Jó fizeram ao censurá-lo, “para que não condenemos a geração dos justos, Salmos 72.14. Se desejarmos julgar, teremos motivos suficientes para julgar a nós mesmos. Na verdade, não podemos conhecer o amor e nem o ódio através de tudo aquilo que passa perante nossa face, “porque tudo sucede igualmente a todos”, Eclesiastes 9. 1,2. (HENRY, Matthew. Comentário Bíblico Novo Testamento. 1 ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008. p 632.)

- Julio Severo acredita que um cristão sincero está imune a tragédias.

Severo está lendo E. W. Kenyon, Kenneth Hagin, Jorge Tadeu ou Benny Hinn? Não é à toa que Julio Severo admira Pat Robertson, fundador da Christian Broadcasting Network, uma emissora de TV que serve como plataforma para os pregadores da Confissão Positiva. Quem sabe Paulo, Pedro, Tiago e o próprio Cristo eram tão pecadores que morreram de forma cruel, isso porque mereceram. A lógica de Severo só tem uma base na Bíblia: os amigos de Jó. Ah, certamente os cristãos que morreram no Haiti eram muito pecadores. Severo já leu os últimos versículos de Hebreu 11, ou ainda II Co 12. 1-10?

- Julio Severo acredita no poder do vodu na causa de tragédias.

Que coisa, prefiro acreditar no poder de Deus. Até Balaão sabia disso: “Como amaldiçoarei o que Deus não amaldiçoa?” (Nm 23. 8). Acreditar que o vodu é tão poderoso está parecendo com as ideais mirabolantes da Rebecca Brown.

- Julio Severo chama Blog Teologia Pentecostal de “Teologia Esquerdopata”.

Certamente Severo nunca leu esse blog. Se tivesse tido a honestidade intelectual de vasculhar os meus artigos, ele veria logo que eu não tenho absolutamente nada de esquerdista. Quem me conhece sabe. Aliás, é uma mania do Julio Severo. Todo mundo que discorda dele é um esquerdista, que vota no Lula e quer a implantação do socialismo no Brasil. Eu não sou esquerdista, nunca votei no PT e acho o socialismo uma furada. Mas Julio Severo prefere me adjetivar sem pelo menos ler os meus textos.

O grande jornalista Paulo Francis, que era um direitista e politicamente incorreto, dizia: “É puro Brasil. Ao argumento crítico, o insulto pessoal.” Infelizmente essa realidade está bem presente na internet. Diante de uma argumentação sem contraponto, os desgostosos abusam da adjetivação. Julio Severo fez isso. Em lugar de argumentar logo me chamou de esquerdista. Simplesmente é vergonhosa essa posição.

PS: Já começo a receber comentários dos “advogados” de Julio Severo, com aquelas ameaças piedosas e ainda por cima com os adjetivos mais carinhosos.

27 comentários:

Anônimo disse...

Julio foi bem claro ao apontar quem estava usando linguagem inadequada. Não vem com essa. Não minta.

"PS: Já começo a receber comentários dos “advogados” de Julio Severo, com aquelas ameaças piedosas e ainda por cima com os adjetivos mais carinhosos."

É? Mostra aí!

Você pratica o mais porco e descabido "guilty by association" e ainda quer posar de cristão zeloso. Quando Severo defendou ou se alinhou com o pessoal da "Confissão Positiva"? Você não sabe até onde ele endossa o que Pat Robertson diz. Nada no texto dele permite saber isso. Então, pare de insinuações dignas de bar GLBT.

O jeito que você e sua trupe usam a Bíblia já tá ficando manjado, moleque. E se você ler Calvino e Lutero, vai ver que sem tem alguém desqualificado para argumentar nesse polêmica, é você. Vá estudar.

Compactua com os atos de gente notoriamente esquerdista, se associa a eles, e quer dizer que tudo não passa de "mania do Julio Severo". Linka socialistas assumidaços, e ainda faz o estilo de "machucadinha".

Minha criança, quem estuda, sabe. A cada linha que você escreve, fica evidente o que você sabe, o que leu e não compreendeu, e o que você nem faz idéia que existe. Principalmente para quem tem décadas de estudo. Anda miudinho, figura.

Portanto, fica o conselho de irmão para você: só fale do que estudou, só ande com gente decente, e saiba que você ainda tem chão para andar. Enfim, mude.

Do jeito que está, só vai continuar queimando a cara.

O tio Jeff vai orar por você.
Abraço.

Gutierres Siqueira disse...

Caro "tio" Jeff,

Em primeiro lugar, por que você não se identifica? Por acaso tio Jeff é nome? Pois bem, já não tenho obrigação de responder quem não quer nem se identificar. Isso já mostra o caráter.
Ah, sobre os comentários, você já pode ver no primeiro texto. E eis que chega mais um com você.
Mas “tio” Jeff. Antes de escrever aqui nesse espaço, seja menos arrogante, não use frases pseudoespirituais, e leia os meus textos, antes de me julgar por um pouco mais de 1500 caracteres. Aliás, para você que tem “pouca idade” deveria ficar calado, e apreender com homens doutos com o tio. Pois bem, como vivemos em uma democracia, o calar é quase um crime.

Se achares que esse blog é ruim, então não acesse. Há muitos blogs na internet. Pra que perder tempo por aqui? Eu sempre leio o blog do Julio Severo. Sempre recomendo o link. Mas no dia que resolvo contestar uma besteira dita por ele, lá vem essa turma da patrulha. Aliás, vocês até parecem com os petralhas que enchem a paciência por aí.

Vai orar, vai.

Danilo Fernandes disse...

Este Tio Jeff está com toda a pinta de Tio Julio... Mas segue com o andor que esta santo ai é do pau oco.

Parabens pela defesa. E pela rapidez! Eu nem ao menos rascunhei minha! KKKK

Anônimo disse...

É, caro Gutierres, veja o tamanho do amor cristão praticado pela turma fundamentalista seguidora do senhor Julio Severo. Escrevem textos anônimos, são arrogantes e ofensivos. Tudo dentro da "caridade cristã”.

Sinceramente, esta trupe farisaica nem é digna de respeito. Não sei por que perdemos tempo lendo o lixo produzido por eles. Amigo, você tocou em um ponto crucial; qualquer pessoa que discorde das opiniões infalíveis do sumo pontífice Julio Severo é classificada de esquerdista! Este cidadão vê socialismo em tudo!

Perdoe-me as palavras duras, mas chega a ser até patético. Uma pessoa detentora do mínimo de conhecimento sobre política e economia sabe que o atual governo brasileiro está longe, mas muito longe, mesmo, de ser socialista.

Sempre quando leio o blog da referida pessoa, encontro pérolas acusativas a respeito da suposta guinada socialista do Brasil sob o governo Lula. Após ler comentários tão “ricos” (rss), sou tomado por deliciosas gargalhadas.

Gutierres, trocamos alguns e-mails. Tanto nestes e-mails como em algumas respostas neste blog, nunca escondi minha posição de esquerdista, ou socialista democrático. Portanto, como antigo eleitor do PT, posso afirmar que este governo está longe de implantar o que sempre sonhei; um regime REALMENTE socialista e democrático. Agora, acusar você, caro amigo “neoliberal” de esquerdista, é o fim da picada! Isso mostra como fundamentalistas são, apenas lêem o que interessa. O camarada nem teve a capacidade de ler a lista de blog´s sugeridos, onde aquela porcaria produzida pelo mesmo é indicada. Sinceramente, no seu lugar, retiraria o link daquele endereço que transborda ódio, rancor e algumas questões não tão bem resolvidas pelo autor!

Julio Severo é o típico fundamentalista radical. Isto é, somente respeita quem concorda com ele 100%%! Vamos ver o caso da revista “Ultimato”. Quem conhece o trabalho feito por este periódico sabe que sua linha doutrinária é absolutamente ortodoxa, fazendo parte do chamado evangelicalismo. Não bastando, “Ultimato” condena, de forma clara, a prática homossexual, causa atacada neuroticamente pelo senhor Severo. Um de seus mais prestigiosos colunistas, o bispo anglicano Dom Robinson Cavalcanti, foi, literalmente, expurgado de sua denominação, a IEAB, pelo fato de se posicionar contrariamente ao avanço da chamada causa GLBT em sua confissão. Mas para o radical Julio Severo isso não importa! Afinal, dom Robinson já foi filiado ao PT e defende uma postura socialista. Assim, toda a luta do bispo episcopal contra a agenda gay nem sequer é citada. Volto a frisar, o mesmo vale para o Ultimato, que independentemente de sua postura relativamente esquerdista em aspectos socioeconômicos , é bastante conservadora em assuntos referentes à doutrina e moral.

Agora, querer afirmar que João Calvino e Martinho Lutero concordariam com as HERESIAS apresentadas pelo fariseu Severo é um esforço quixotesco! Onde estão as citações? É fácil afirmar besteiras de acordo com o senso comum.

Sou membro da Igreja Presbiteriana Independente. Como estudante de teologia, me considero calvinista. Porém, mesmo que Calvino tenha escrito alguma coisa próxima do que sugere o fariseu Severo, tal declaração não deve ser dogmatizada. Muitas palavras proferidas pelos reformadores refletem o contexto da sociedade de seu tempo. O principio básico do protestantismo não é encontrado na repetição pura e simples dos ensinamentos formulados pelos reformadores, isto é escolástica papista medieval, mas na utilização desta teologia para uma reforma constante dentro da igreja. Trata-se da máxima " igreja reformada sempre se reformando". Agora vá explicar isso a fundamentalistas da estirpe de Julio Severo!

Anônimo disse...

CONTINUAÇÃO;


E os argumentos bíblicos utilizados? Julio Severo é rei em retirar os textos do AT de seu contexto real. Hermenêutica? Nada! Exegese? Muito menos! Pelo menos ele é coerente com sua posição de fundamentalista; já que o texto é inspirado VERBALMENTE, não faz sentido perder tempo realizando um estudo mais apurado do texto sagrado. Porém, uma coisa me intriga; a ausência de citações do Novo Testamento. Por que será?

Por fim, uma pergunta paira no ar; quem é Julio Severo? Qual sua formação teológica para escrever tantas besteiras? Qual sua origem denominacional? Como se sustenta financeiramente? Ele trabalha?

Mistérios, simplesmente mistérios. No entanto, a diferença com nosso senhor Jesus Cristo é gritante, já que o mesmo fazia tudo às claras.

André Tadeu.

André Silva disse...

Um Deus de esquerda ou de direita jamais se prestaria a intervir em nada, posto que não é socialista nem tão pouco capitalista. Alguns como esse Tio Jeff, teima em ver acontecimentos por essa ótica, tentam ver Deus com um ser vingativo, basta alguém praticar a feitiçaria e Deus vai lá e mata todo mundo na propalada alegação de que o Ser maior é a justiça em pessoa, um delelegado raivoso.
Nessa direção, damos até um desconto para esse pensamento, posto que quem assim define Deus jamais conhece a sua graça. (João 3.16)
Mas será que Deus não se importa? Onde está Deus numa hora dessas?
Ora, Deus está no mesmo lugar, amando a todos sem distinção, nós é que não percebemos que deixamos Deus ao relento para galgar nosso próprio caminho e mundinho de desejos e ambições, jogamos lixo nas ruas, poluímos o ar, destruímos a natureza e ainda estamos nos fazendo de vítima, de coitadinhos?
Deus está muito bem, obrigado, fazendo o seu papel, cumprindo a sua Palavra sem nenhuma arma apontada para as nossas cabeças, o livre- arbítrio é a maior resposta de um Deus amoroso que faz questão de nos dar a liberdade para escolhermos nosso próprio caminho e destino.
Deus ama os haitianos praticantes do vodu, o Senhor Jesus ainda os dará tempo para que eles possam conhecer a verdade que liberta do pecado, porém bastará que pessoas não confudam a justiça de Deus com justiça própria (Lucas 9.54-56)nem se esconda, mas mostre a cara e na função de servo e não de delegado, perdoe, pondere e vá fazer o que Deus manda: amar...
Um abraço, irmão Gutierres, continue escrevendo sem temor, seu blog é muito consciente e amadurecido, afinal menino mesmo, alías moleque em quem se esconde para não ser visto por ninguém.
Um abraço do irmão Pernambucano,
André Silva. (Forte homem Fraco)
http://olhos30.blogspot.com

Daniel Pereira disse...

Se for pelo texto do Júlio tá faltando acontecer um terremoto com magnitude igual no estado da Bahia.

Ah e também nas tribos indígenas...

Francamente, quem não tem o que falar deveria ficar quieto!

Será que ele pode me dizer o motivo da inundação de Nova Orleans? e a tragédia de Angra?

Terá estes dois acontecimentos algum motivo espiritual?

Matias Heidmann disse...

´tá pegando fogo... mas é isto que acontece quando mexe com os fundamentalistas que sofrem de psicoses e tem mania de perseguição.
Lamentável!
Cuidado: daqui a pouco todos nós seremos classificados pelo Sr Julio como gays anarquistas de esquerda maoista.... só porque alguem ousou com educação comentar a posição dele diante da tragédia haitiana. Ficou ofendido.

Paulo Teixeira disse...

Não sou advogado de Julio Severo e nem tenho procuração para tal.

Ao analisar os textos de Severo pude perceber que o escritor emitiu sua opinião, à luz da razão e da Bíblia e não apenas do sentimentalismo.

Todos estamos com os corações partidos e angustiados, tamanho é o sofrimento do povo haitiano, mas isto não nos impede a análise da tragédia, deixando de lado o sentimental.

Há séculos o Haiti vem sendo escravo da atuação diabólica e isto não é em vão. Há uma correlação entre miséria e atuação maligna e se desprezarmos a atuação do adversário naquele país, estaremos assim discordando da Bíblia, a qual fala de principados e potestades.

Por plena devoção, de maioria ampla dos haitianos, a espíritos do mal, à idolatria, abandonando totalmente o Senhor Deus, sem imposição alguma de governos ou sistemas políticos, mas por livre vontade, eles tem recebido sobre si toda sorte de males. Isto é incontestável.

A ira de Deus se manifesta, não por ser Ele malvado, mas é fruto da colisão de Sua santidade com a iniqüidade. Isto gera certamente o furor divino. A manifestação da indignação visível do Todo Poderoso é largamente percebida em todo o Antigo Testamento e até no Novo Testamento. Lembremos do episódio, envolvendo Ananias e Safira.

Se vivêssemos nos dias da saída de Israel do Egito ou nos dias dos juízes e reis, ficaríamos boquiabertos tamanhas eram as ‘absurdas’ ordens de Deus, aos israelitas, quando mandava exterminar todos integrantes dos outros povos, indistintamente (recém nascidos, mulheres, crianças, deficientes físicos e idosos ), inimigos de Deus.

Tudo o que ocorre na natureza tem a permissão de Deus. As placas que se movimentaram sob o Haiti, não tiveram o dedo do Diabo, mas foi com a aquiescência de Deus.

A opressão vivida pelos haitianos tem o dedo do Diabo e não de Deus. São atuações distintas.

O juízo de Deus, sobre indivíduos ou nações, vem de diversas formas e quem somos nós para contestá-Lo.

Não quero aqui eximir as demais nações das iniqüidades cometidas por seus povos. Mas também não posso, de forma infantil, questionar o porquê esta ou aquela nação é mais pecaminosa e não tem sofrido tantos revezes. Os desígnios de Deus somente Ele os sabe. Nunca entenderemos.

Logo, os escritos de Julio Severo, como também as palavras do pastor americano, corroboradas com as palavras de um não evangélico - o cônsul do Haiti no Brasil, se analisadas à luz da Bíblia, não podem ser reprovados.

Laguardia disse...

No Haiti não foram só os adeptos do Vudu que foram afetados pela tragédia. Muitos cristãos também o foram, perderam parentes e amigos.

Só uma pessoa que não tem o amor de Deus no coração pode fazer uma alegação tão maliciosa e inconseqüente como esta.

Esta teoria de Julio Severo mostra um Deus que não é amor e bondade. Se a afirmação de Julio Severo fosse verdadeira os cristãos não teriam sofrido com a catástrofe.

Vamos nos recordar um pouco da história do povo na Bíblia. Quando Deus mandou as pragas contra o Egito, só atingiram os egípcios, os judeus não sofreram.

Não seria o lógico que o mesmo tenha acontecido com o Haiti?

Tem gente como Julio Severo e o
Anônimo que interpretam a Bíblia de acordo com a sua conveniência e não tendo o Espírito Santo como seu guia.

Anônimo disse...

Eu sempre admirei o engajamento do Júlio Severo na defesa da moral bíblica, defesa esta, muitas vezes, levada ao extremo. Mas era justamente essa sua ousadia que me chamava a atenção. Entretanto, fiquei um pouco decepcionado com este seu posicionamento sobre a tragédia do Haiti. Continuo o admirando, pois, devemos bradar contra os argumentos e atos das pessoas, não necessariamente contra elas. Não vou expressar a minha opinião... o Gutierres fez isso em meu lugar, com seus posicionamentos sempre muito claros, embasados nas Sagradas Escrituras, principalmente no NT, com uma sensatez digna de "quem tem décadas de estudo". Deixo para você as palavras de Paulo a Timóteo em I Tm 4.12, “Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, para os que crêem, seja exemplo na conversa, na conduta, no amor, na fé e pureza.”

Um abraço,

Marcos

Juan de Paula disse...

Prezado Gutierres,

leio o blog do Julio Severo as vezes e concordo com algumas opiniões dele sobre alguns assuntos.

Mas no ponto abordado sobre o Haiti faltou uma análise ao texto de Lucas 13:4-5 e também Provérbios 17:5.

Mark Driscoll fundou junto com outro pastor uma organização para ajudar a Igreja no haiti: http://www.churcheshelpingchurches.com/

Estou contigo e o Danilo Fernandes. Dessa vez o nobre Julio Severo pisou fora da linha.

Um abraço,
Pastor Juan de Paula

O Clérigo disse...

Gutierres;

Todo esse debate funesto e sem sentido só deixa bem claro uma mazela dentro da instituição igreja: o esfacelamento doutrinário.
Hoje, é quase impossível teorizar linhas de doutrina como: pentecostal, calvinista, reformado, luterano, romanista e etc.
Na verdade, há o "julismo", "severismo", "antonismo", joseismo", ou seja, cada crente tem seu "ismo" particular e a tendência é só aumentar.
Enquanto isso, a ortodoxia vai para o brejo.
O que deveria ser apenas uma troca de opinioes, passa a ser agressao pessoal sob a fantasia de guerra doutrinária.
E A CULPA, É SUA! Quem mandou você cometer o absurdo de contrariar "um dos maiores icones do cristianismo atual"? Se você continuar assim, vão te queimar na fogueira...
Antes que alguém me julgue, estou sendo sarcástico neste último parágrafo.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Gutierres

Embora não existam ofensas nas linhas que escreve, elas começam a aparecer nos comentários. Você diz debater assuntos, mas os comentaristas se dirigem contra a pessoa do Julio Severo.

Não permita que o nível de qualidade entre o que você expressa e o que seus visitantes comentam sejam níveis diferentes.

Com a maior imparcialidade possível, publiquei um post no UBE Blogs, sobre as interpretações diferentes de blogueiros cristãos referente a causa da tragédia haitiana.

Abraço.

Eliseu Antonio Gomes
http://belverede.blogspot.com/

Anônimo disse...

Querido Gutierres

É a primeira vez que posto um comentário em seu blog. Faço isto, movido pelo sentimento mútuo no que tange à esta problemática envolvendo blogs, Haiti, Júlio Severo, etc...Pois bem, sendo direto, muito obrigado por não baixar o nível dos vocábulos, e por gentileza, não deixe estas discussões bloquearem seu espírito inquieto por denunciar contradições, heresias, gafes...Continue escrevendo, pois sou seu admirador... e quanto àquele papo de inexperiência, isso é falta de argumentação lógica e sadia.

Em CRISTO,
Alan de Barros, RJ

Laudinei disse...

Gutierres, mediante o que li postei imediatamente seu artigo no blog "exemplobereano" (exemplobereanoblogspot.com.br). Postei junto com o primeiro artigo quando voce pergunta se o Julio Severo é nosso Pat Robertson , o segundo artigo que fala sobre a critica dele ao seu comentário.

Tomei a liberdade ao dar o titulo a postagem de tirar o ponto de interrogação uma vez que não tenho dúvidas.


laudinei
exemplobereano

Anônimo disse...

Gutierres, só gostaria de fazer uma pergunta: você escreveu o que pensa sobre o posicionamento do Julio Severo no blog dele? Será que essa era a melhor maneira de você discordar dele? Leia por gentileza, o texto do Pr. Geremias do Couto, postado recentemente. Obrigado. Deus te abençoe sempre!

Anônimo disse...

JULIO SEVERO, CALVINO E LUTERO.

Estranhamente, Julio Severo tem recorrido em seus últimos textos à autoridade dos reformadores Martinho Lutero e João Calvino.

Discordo de 95% do conteúdo existente no site da referida pessoa. Desta forma, muitos podem indagar; “- Se discorda tanto, por que acessa?". Acesso, porque acredito que uma pessoa tem por obrigação tomar contato com todo o tipo de idéia. Inclusive pensamentos absolutamente divergentes. Na minha modesta opinião, apenas a luta contra o aborto indiscriminado é coerente com a postura de um cristão. O restante do blog do senhor Severo é uma coletânea de ódio e preconceito.

Mas voltando ao tema sobre o uso do nome dos reformadores. Dando uma pesquisada em vários textos de Severo, pode-se notar a predominância de assuntos distantes da tradição protestante clássica, a saber: batalha espiritual, espíritos malignos territoriais responsáveis por desgraças, pré-milenismo sionista e uma teologia distributiva, isto é, sirva a Deus e tenha um final de vida feliz e tranqüilo, caso contrário, você estará altamente vulnerável a um ataque de cólera do “bondoso” Javé dos exércitos!

Todos estas idéias enumeradas fogem da teologia ensinada pelos chamados reformadores magistrais. No entanto, gostaria de me ater em alguns pontos específicos;

JULIO SEVERO E O SIONISMO CRISTÃO.

Julio Severo é um árduo defensor do atual Estado de Israel, não importando as atrocidades que o mesmo venha cometer. Antes de continuar, gostaria de esclarecer algo: não sou contra o povo judeu e nem defensor da tese de que os palestinos sejam apenas coitadinhos. Há intolerância em ambos os lados. Porém, o poder bélico de Israel é infinitamente maior. A criação de dois estados SOBERANOS é a única saída de paz para a região.

Voltando ao tema. Não obstante, este sionismo nunca foi praticado pelos reformadores citados por Julio Severo. Calvino, por exemplo, partilhava da idéia teológica clássica de que o novo Israel de Deus é composto pelo total de eleitos, isto é, todos os integrantes da chamada igreja invisível. Era quase um preterista.

Martinho Lutero, para a tristeza de Severo, e também da nossa, demonstrou, no final de sua vida, um anti-semitismo de viés religioso bastante aguçado. Apenas para refrescar a memória, leiamos este tristemente famoso texto de autoria do reformador alemão. Fiz alguns cortes, pois o texto é longo por demasia:

A Cerca dos judeus e de suas mentiras (1543)

“Eu me havia proposto nada mais escrever acerca dos judeus ou contra os judeus. No entanto, já que percebi que essa gente miserável e destituída de salvação não cessa de atrair para si também a nós, isto é, os cristãos, decidi publicar este livrinho, a fim de que eu seja encontrado entre aqueles que opuseram resistência a tal empreendimento venenoso contra os judeus,tendo advertido os cristãos de se precaverem contra os judeus.
Que devemos, pois, fazer, nós cristãos, com esse povo amaldiçoado e rejeitado dos judeus?
Primeiro : Que se incendeiem suas sinagogas e, quem puder, jogue enxofre e piche.
Segundo : Que se lhes tomem todos os seus livros, e que sejam preservados para aqueles que se converterem. Quinto : Que se suspenda aos judeus totalmente a proteção e o acesso às estradas. Sétimo : Que se coloque na mão dos judeus e de judias fortes mangual, machado, enxada, pá, roca e fuso, de modo que obtenham seu pão no suor do rosto, como é imposto aos filhos de Adão, em Gênesis".

Triste este texto de Lutero, não? Palavras fortes que teriam eco na diabólica Alemanha Nazista. Acredito que nem o atual presidente do Irã, notório inimigo do atual estado judeu e tão criticado por Severo, seria capaz de escrever algo neste tom. E agora, senhor Julio Severo, o reformador está junto com você?

Anônimo disse...

CONTINUAÇÃO

JULIO SEVERO E A ESCATOLOGIA PRÉ-MILENISTA.

Coerente com esta visão sionista que reserva ao atual estado judeu um papel preponderante nos assuntos futuros, Severo advoga uma teologia pré-milenista. Porém, fiéis a tradição escatológica clássica existente no cristianismo, os reformadores, notamente Calvino, seguiam o que se convencionou chamar de pós-milenismo. Vemos, outra vez, que os reformadores não estariam ao lado de Julio Severo.

JULIO SEVERO; APOCALIPSE E A FORMA DE INTERPRETAÇÃO BÍBLICA.

Como bom fundamentalista pré-milenista, Julio Severo dispensa uma forte atenção ao último livro das escrituras, o Apocalipse de São João. Curiosamente, este foi o livro menos apreciado pelos reformadores citados pelo articulista! João Calvino comentou todos os livros do NT, com exceção de Apocalipse! Motivos: além de não dispor de tempo para tal empreitada, considerava este livro bastante confuso.

Lutero, por sua vez, sempre deixou claro em suas cartas o pouco apreço dispensado para com o livro das revelações.

Assim, será que os reformadores estariam com Severo nesta verdadeira veneração ao último livro do NT?

Finalizando, vamos nos ater de maneira breve a forma como Severo interpreta a Bíblia, contrastando-a com a metodologia usada pelos reformadores.

Severo, como bom fundamentalista radical, interpreta as sagradas escrituras de forma literalista, isto é, tudo o que se encontra no texto sagrado foi inspirado VERBALMENTE, isso é, isento de qualquer erro em seus pormenores.

Seria esta a postura dos reformadores ? Não ! Lutero chegou ao ponto de interpretar o texto bíblico de forma cristológica, isto é, tudo aquilo que não refletisse os valores do evangelho não seria considerado inspirado. Além de não apreciar o já citado livro do Apocalipse, chegou a denominar a bela epístola de Tiago como " epístola de palha !"

Calvino, por sua vez, defendia o método da acomodação, onde as palavras bíblicas estariam longe de acontecimentos e verdades literalistas, pois não cabe ao ser humano, dentro de sua pequenez, compreender tudo o que Deus fez ou é! Assim, Deus faria uso de palavras humanas, por algumas vezes falhas, a fim de transmitir uma verdade superior.

Por fim, Calvino nunca defendeu a teoria da inspiração verbal. Teoria, essa, usada por Julio Severo para justificar sua forma de interpretar a Bíblia. Mesmo considerando a Bíblia divinamente inspirada, palavra de Deus, o reformador francês aceitava a existência de pequenos erros na composição final do texto, assim como a participação ATIVA do redator na produção das escrituras.

Comentando uma falha pelo apóstolo Paulo em Romanos 3.4, citando de forma equivocada o Salmo 51.4, afirmou:

“Ao citar as Escrituras, os apóstolos freqüentemente usavam uma linguagem mais livre do que a original, visto que eles se contentavam em aplicar a citação ao seu assunto e, portanto, eles não eram exageradamente cuidadosos no uso das palavras".

Esta percepção de Calvino é afirmada de forma mais direta em um trecho de seu comentário enfocando Hebreus 10.6:

“Os apóstolos não eram escrupulosos demais na citação das palavras, ressalvando que não faziam mau uso das Escrituras, segundo suas conveniências. Nós devemos sempre olhar para o propósito com que as citações eram feitas.... mas, no que diz respeito às palavras, como em outras coisas que não são relevantes ao propósito estabelecido, eles se permitam alguma indulgência".

Após estes singelos apontamentos, gostaria de perguntar; Senhor Julio Severo, será que realmente os reformadores são fonte abalizadoras de suas teses esdrúxulas? Acredito que não!

André Tadeu

Anônimo disse...

A culpa disso é sua, vc nada mais é que um que quer se promover com seus artigos acusadores. Gostária de saber se Jesus agiria desta forma que vc age, eu discordo do Júlio Severo, mas vc garoto, se comporta como um menino mimado, animado com o que a muita leitura pode te dar, vai se comportando como o dono da verdade, por acaso a doutrina assembleiana é soberana? e pior, sempre apoiado pelos que se dizem ser grandes homens de Deus. Nos teus textos dificilmente indentifico amor, tudo o que vejo são críticas e nada mais, nunca vi vc reconhecer um trabalho de algum blogueiro simples, vc só os acusa e nada mais, ou seja, vc se coloca na pocição de ser mais um entre os blogueiros elitizados. É isso aí, continua assim, um dia a máscara ou a verdadeira imagem aparece.

Fabio disse...

Se as catástrofes naturais estivessem diretamente ligadas a pecados específicos de determinados povos, tenho dificuldade de acreditar que este mundo sequer existisse ainda... (v. 1Jo 1.8)

Tradicionalista disse...

Esse Júlio Severo não é fundamentalista coisa nenhuma... Nenhum fundamentalista SÉRIO utilizaria Ap 9:21 num contexto presente, já que o texto se refere à calamidades a ocorrerem na época da tribulação.

Laguardia disse...

Assistindo a um video do salvamento de um homem preso nos escombros de um prédio do Haiti, eu o ouvi dizer ao repórter - sou cristão e a minha vida está nas mãos de Jesus Cristo.

Um homem destes que sofreu perdas de amigos e parentes, que estava sofrendo, estava sendo castigado por Deus com aquele terremoto?

Claro que não. Ele estava dando seu testemunho ao mundo de que confiava tanto em Cristo que qualquer que fosse o resultado da tentativa de resgate.

Anônimo disse...

FUTUROS IRMÃOS EM CRISTO: Muito obrigado! Assim formalizo a nossa eterna gratidão, a todos os Homens de bom senso, e à todas as Mulheres de boa fé; que conseguiram alcançar a verdade cientifica revelada na “EXORTAÇÃO DO SABER”, e que já passaram a interagir com o Cristo Vivo, ao publicarem o chamamento que o nosso Pai Comum, tem feito aos Filhos e Filhas do amor consciente.

Aqueles que buscaram as boas novas na “Bibliogenese de Israel”, já vislumbraram a herança espiritual que a Providência Divina nos legou, e também já saberão se auto-reciclar na Lei Cristã, ao recompor a literatura bíblica, a fim de consumarmos a Profecia Sagrada, conforme já tem sido mostrado, assim:

(EX.) – O SEGUNDO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO ÊXODO: OS DESCENDENTES DE JACÓ NO EGITO. Estas 60 letras e 5 sinais recompostos, revelam que: É O CONJUNTO DE EX-SEGRÊDOS: O LEGADO DE VIDA CÓSMICA E O DESTINO DOS HOMENS.
Outro exemplo:
(JR) – JEREMIAS: A VOCAÇÃO DE JEREMIAS. São 26 letras e 3 sinais que dizem: CRIEI A AÇÃO DO SER: VEJAM E SEJAM.

(JB.29.22) - RECEBEI O ESPÍRITO SANTO! (1CO.11.1) – SEDE MEUS IMITADORES COMO TAMBÉM EU SOU DE CRISTO.

André Amaral disse...

"Púlpito Esquerdopata, Genizah e Teologia Esquerdopata"

É Gut, seu esquerdopata pentescotal!rsrs

Tragédias são ótimas para o debate teológico, não acha?

Veja:
A 2° Guerra mundial produziu os melhores teólogos do século 20;

A ditadura na américa latina foi o contexto para a teologia da libertação e a missão integral;

O Tsunami foi o palco do show entre Teologia Relacional (ou teismo aberto para alguns) e Calvinismo do dr. Augutus;

Agora um terremoto no Haiti e todo mundo quer saber porque Deus permitiu essa tragédia toda... tem até ateu querendo respostas..rs

Gostaria de conhecer teólogos Haitianos que participaram desse terremoto...

Teologia pra mim é muito mais testemunho do que discurso.

cAvErNa disse...

Irmão, você não acha que ao invés de degladiarem contestando pensamentos e doutrinas e teses, os irmão não deveriam estar evangelizando, trabalhando para o reino? Ando lendo blogs e apenas leio ataques. Quem esta realmente certo? cabe a nós julgar? Aprendi que o Juiz vai julgar cada um no momento do Juizo, portanto porque estamos julgando? Porque estamos medindo? A palavra nos ensina que devemos julgar a profecia não o profeta. Acho que devemos parar de dizer quem presta e quem não presta, e pensarmos no mundo como um todo, sairmos dos nossos mundinho de interpretações e discussões, e apenas pregarmos o amor, acho q o que faltam nos blogs que se dizem evangélicos nada mais é do que pregar o AMOR de Deus. Atacar uma ou outra doutrina e julga-la, o mundo dá conta disso fácil! Vamos parar de Julgar e atacar e acusar e vamos pregar o Amor de Deus. Não cabe a nós tirarmos pessoas que já aceitaram a Jesus do caminho que nós julgamos errado, cabe a nós levarmos o caminho para aqueles que ainda não conhecem a Jesus. Paremos de Julgar Malafaias e Valadões e Soares e Santiagos, e voltemos nosso olhos para o alto. Nínguém aqui esta certo ou errado, pois quem mede será medido.

xandy disse...

Quero colocar a minha opinião aqui sobre, tais homens de deus que lutam verozmente contra "Unção, Presença do Espírito santo nas Igrejas Petencostais e outras denominações definidas, pois vejo uma implicância somente conosco "Pentencostais ,quero deixar um REcado a todos que tem mascivamente batido em vários pregadores "Da Unção"
Eu pergunto aonde está a Presença de Deus em muitos cultos de Igrejas Batistas, Presbiterianas, Metodistas, Congregações Conmservadoras, eu estou procurando por essa Peresença há tempos. Amados A ESSÊNCIA DE DEUS NA SE MANIFESTA SOMENTE POR SOLA SCRIPTURA,, MAS TAMBÉM O EVANGELHO É O PODER DE DEUS PARA TODO AQUELE QUE NELE CRE. CADE OS SINAIS , E SEI PERFEITAMENTE QUE SINAIS NÃO TRAZEM CARÁTER, MAS CADÊ OS SINAIS. UM ABRAÇÃO A TODOS, NO DOCE AMOR DE CRISTO PR. ALEXANDRE-DF.