quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Eles não argumentam, esculhambam

Você é isso. Você é aquilo. Você é aquilo outro. Assim começam muitos debates no decorrer da história. Ou seja, muitas discussões são recheadas de clichês, produção de estigmas e adjetivos para com o adversário no embate. Os avessos à verdade não gostam de argumentos, pois são incapazes de contra-argumentar, então logo apelam para o estigma. Dessa forma escapam da verdade como um gato da água gelada.

Por exemplo. Ouse criticar o ministério de um famoso pastor que prega heresias. Em lugar de contra-argumentar a sua tese, os advogados do pastor-artista chamarão você de invejoso, filho do diabo, desviado, frio etc. Ou seja, em momento algum responderão as questões levantadas, mas apelarão para o modo mais fácil de escapar da verdade, que é através da adjetivação negativa do adversário.

Portanto, fique atento com esse tipo de debatedor. Eles sempre aparecem, principalmente pela capa do anonimato, que é o reflexo no mundo virtual da falta de um bom caráter no mundo real.

16 comentários:

Pastor Geremias Couto disse...

Caro Gutierres

Se eu fosse publicar os anônimos que recebo, já teria perdido grandes e bons amigos na blogosfera. A recíproca certamente é verdadeira.

Em razão disso, Sou por uma posição radical de jamais publicá-los. Eles não merecem.

Se posso lançar também uma campanha, aqui vai o repto:

Basta de anônimos na blogosfera!

Abraços!

Paulinho Adorador disse...

Querido irmão,
graça e paz!

Gostei muito do seu blog. Concordo com boa parte das idéias expostas e achei os textos bem construídos.
Parabéns!!!!
Que Deus continue te dando muita sabedoria!
A propósito, também tenho um blog. Se você puder dar uma passadinha por lá e me seguir te agradeço.
Já estou te seguindo.
Abcos!
Que Deus o abençoe!
paulinhoadorador12.blogspot.com

Gutierres Siqueira disse...

Pr. Geremias,

Realmente esses anônimos só servem para causar confusão na blogosfera. Só não tiro o dispositivo do anonimato pois alguns irmãos que não possuem perfil do GOOGLE escrevem seus comentários nesse formato, mas assinam no final da mensagem.

abraços

Gutierres Siqueira disse...

Caro Paulinho,

Agradeço as palavras de incentivo...

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e irmão
Gutierrez Siqueira,
A Paz do Senhor!

Parabéns pela postagem!
Essa prática tem sido uma verdadeira erva daninha na blogosfrera cristã.

O Eterno continue abençoando a sua vida!

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Philadelfia - Evangelismo e Louvor disse...

Caro Gutierres,

Concordo! Por falta de argumentação, muitos defensores de seus ídolos, apelam, principalmente usando o anonimato.

Vou aderir à campanha lançada pelo Pr. Geremias do Couto:

Basta de anônimos na blogosfera!

Anônimo disse...

Oi Gutierres,

Sou leitor assíduo do blog e acho o conteúdo de suas postagens sempre muito pertinentes. O assunto em pauta, idem. A ira, um dos sete pecados capitais, é um dos sentimentos mais humanos, pois até o homem mais manso da terra e o próprio Jeus provaram dela. Mas as atitudes decorrentes dela são outros quinhentos. Elas demonstram a essência do irado. E tais atitudes não convêm definitivamente aos nascidos de novo. Como bem disse Paulo aos Colossenses (3.8), "mas agora despojai-vos também de tudo isto: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca." O contexto do seu post, entretanto, trata de uma ira leviana, aquela a que se recorre quando os argumentos não existem ou acabam. De fato, para muitos, a melhor defesa é o ataque. Mas creio que o autor de tal máxima não se referia a falta de bom senso ou mesmo simples educação. Infelizmente, tal constatação é cada vez mais comum no meio evangélico (e como estamos em casa, pp. o pentecostal). Infelizmente, não precisamos sair de nossas igrejas para ouvirmos palavras de baixo calão ditas em alto e bom som (pra não dizer gritaria) dos púlpitos, atacando (geralmente em resposta) algum outro ministro ou ministério. Que Deus nos livre tanto da ira futura quanto da presente. Que o senhor continue te inspirando a trazer esses temas a discussão, sem iras (rs).

Davi (RJ)

************
Peço que não publique o seguinte... é só um toque de menor importância! Espero que não se importe.
averso >> avesso
contra argumentar o seu argumento >> contra-argumentar (não chega a ser um pleonasmo vicioso, mas, vc não acha q ficaria melhor?)
Abraço

Robson Silva de Sousa disse...

Paz meu amigo,

Foi um prazer conhecê-lo pessoalmente por ocasião do lançamento do livro do estimado Pr. Carlos Roberto; lamento, no entanto, não ter sido possível te oferecer uma carona... Como disse estava com lotação completa...

Parabéns pelo texto riquíssimo, e espero que os anonimous sintam vergonha - se é que isso é possível - e passem a assinar seus comentários... melhor se criassem seus próprios blogs - se já não o têm... he! he! he!

Bem, quando é que vamos marcar aquele cafezão? Quem sabe fazermos o nosso 1º Encontro de Blogueiros da Z/S da Capital... Que tal? Rssss...

Que o Senhor te abençoe rica e poderosamente, meu amigo, e que te vá bem em todas as coisas.

Em Cristo,

Robson Silva
Prossigo para o Alvo... Fp 3:14

Gutierres Siqueira disse...

Pr. Carlos,

Realmente os anônimos são como erva daninha. O prejuízo que eles causam se espalham pela blogosfera.

abraços

Gutierres Siqueira disse...

Elias,

Os anônimos sem caráter não possuem argumentos, pois eles não têm base. Eles são completos analfabetos de Bíblia e bom senso.

abraços

Gutierres Siqueira disse...

Davi,

Fico muito feliz por você acompanhar este blog com acuidade.
Obrigado pelas dicas e correção gramatical. Como sempre escrevo com certa pressa, acabo por não ver esses erros de português. Revisão rápida acaba nisso. Isso é um erro grave, mas que será corrigido.

Abraços

Gutierres Siqueira disse...

Robson,

Também foi um grande prazer conhecê-lo ali em Cubatão (SP).
Para o I Encontro de Blogueiros da Zona Sul, rsrs, entre em contato comigo pelo e-mail:

gutierres.siqueira@uol.com.br

Abraços!

francisco disse...

irmao estou com elefante atras do teclado

ouvi o testemunho do pastor jotinha ,muito emocionante porem completamente desproporcional a verdade

ele alega ser autor de varios hinos da harpa crista mas pesquisei um pouco e descobri que a maioriaa dos hinos da HC SAO traduçoes e poucos sao nacionais

o cabra daquela idade seria uma fraude ?

pesquisei no blog fragmentos da harpa crista

nao estou acusando ele de nada só estou examinando por gentileza se possivel seria muito esclarecedor uma postagem sobre o assunto

Gutierres Siqueira disse...

Caro Francisco,

Por favor, leia esse texto e suas dúvidas serão esclarecidas.

http://dicionariomovimentopentecostal.blogspot.com/2009/03/verdadeira-historia-dos-hinos-da-harpa.html

Daladier Lima disse...

Olá Gutierres, e os apelidos? Por isso mesmo coloquei um post sobre o assunto. É um absurdo que as pessoas se destratem pelo único motivo de discordarem entre si.

Abraços!

Davi Oliveira disse...

Caro irmão Gutierres, Paz.

Há muito tenho notado que a critica (no sentido de expor idéias a respeito de determinada visão) nem sempre é bem vinda por parte de alguns. Percebo que, por exemplo, nomes que estão na mídia todos os dias, não respondem às críticas recebidas, preferem, antes, pousar de vítimas, de mártires que são perseguidos porque estão cumprindo o ide de Jesus, e por aí vai.
Mas, isso não justifica a nossa covardia. Expor as idéias é a maior ferramenta de uma democracia sadia. Desde que se conheça o tal crítico.

Um Abraço.
menteeespirito.blogspot.com
sudoestegospel.com.br