terça-feira, 23 de março de 2010

Inferno

Leia algumas declarações interessantes sobre o inferno proclamadas pelos maiores escritores e teólogos anglicanos do século XX. As frases foram publicadas na última edição da revista Ultimato.

N. T. Wright
No final, os perversos não escaparão, pois estão em terreno instável e acabam arruinados de uma hora para outra.

C. S. Lewis
Não existe doutrina no cristianismo que eu mais adoraria ver extinta do que a detestável doutrina do inferno. Porém, ela tem o pleno apoio das Escrituras e, especialmente, das palavras do Nosso Senhor. Ela sempre foi sustentada pela cristandade e está fundada na razão.

No fim das coisas, só existem dois tipos de pessoas: as que dizem a Deus: “Seja feita a tua vontade”, e aquelas a quem Deus diz: “A ‘sua’ vontade seja feita”. Todos os que estão no inferno, escolheram estar. Sem essa possibilidade de escolha, não poderia haver inferno.

J. I. Packer
A ira é um dos atributos de Deus, mas não pregamos sobre ela no púlpito, no rádio e na televisão. O tema se tornou tabu em nossa sociedade e, de modo geral, os cristãos aceitaram este tabu.

Ao contrário do que muitos acreditam, o tema do julgamento divino não é colocado em segundo plano quando passamos do Antigo Testamento para o Novo. Na verdade, todo o Novo Testamento é dominado pela certeza de que chegará o dia do julgamento universal e pelo problema que isto desperta.

Vivemos sob os olhos de Jesus, ele conhece os nossos segredos e, no dia do julgamento, toda a nossa vida passada será apresentada diante dele e trazida à luz.

John Stott
Devemos saber de forma evidente e clara que o inferno é uma realidade terrível e eterna. Não é dogmatismo ver certa inconveniência em falar a respeito da realidade do inferno; é volubilidade e frivolidade. Como podemos pensar no inferno sem lágrimas

3 comentários:

zwinglio rodrigues disse...

Gutierres, paz!

Seria bom também dizer que o inferno não será um lugar onde todos sofrerão igualmente... ou sofrerão?
*
É só uma pimentinha pra esquentar mais o assunto que já é tão quente...
*
Abraços!

Lindiberg de Oliveira disse...

Quanto mais leio sobre esse assunto, mais nascem dúvidas que consome minha alma.
Concordo com Lewis quando diz que essa é uma doutrina desprezível.

Abraço!

Daniel disse...

O Inferno é uma questão de lógica. O ser humano é eterno. Condenar os incrédulos ao aniquilamento como sugerem alguns movimentos heréticos é uma tremenda injustiça... com os incrédulos, que nunca poderiam saber - se o aniquilamento fosse verdade - o que eles perderam. A eternidade é comum a todos os homens, crentes ou descrentes. Isto é justiça divina. Por isso mesmo a necessidade de regeneração e salvação é de suma importância.