domingo, 5 de setembro de 2010

As minhas razões para não votar em Dilma Rousseff


Foto de Orlando Zapata, dissidente e preso político de Cuba que morreu, em fevereiro deste ano, lutando pela liberdade na ilha caribenha. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, apoiador da ditadura castrista, o comparou com presos comuns do Brasil. Zapata é um símbolo do descaso pela democracia promovida por ideólogos do PT.


Caro leitor, poderia responder a essa questão com uma única palavra: autoritarismo. Sim, o Partido dos Trabalhadores (PT) é uma agremiação de autoritários, incluindo Dilma Rousseff. Você não acredita? Acha que é terrorismo de extrema-direita? Acha que é teoria da conspiração? Então leia o programa de governo do PT e o resultado das conferências promovidas pelo partido. Ideias como “controle social da mídia” são tão presentes como a defesa do aborto ou a proibição de símbolos religiosos.

Sou politicamente um liberal-conservador, ou seja, defendo o Estado democrático de direito, a economia de mercado, a liberdade de expressão, a democracia representativa, a liberdade de culto, a liberdade de imprensa, o Estado laico e outros valores que não agridam a liberdade e nem promovam o caos social. Acredito que violado qualquer um desses princípios iniciamos a nossa caminhada para o totalitarismo. Portanto, compartilhando desses valores não posso votar no PT e nos seus candidatos. Não só no PT, mas também em partidos ainda mais radicais, como o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), que tem liberdade somente no nome e tantos outros como o PC do B, PCO, PCB e PSTU.

Então os demais partidos compartilham de convicção democrática? Oficialmente sim, mas muitos de seus membros também amam o controle absoluto sobre tudo, como o ex-presidente José Sarney (PMDB- AP), símbolo de corrupção, nepotismo, controle da mídia, censura, coronelismo etc. Não é à toa que é um dos principais aliados do PT, que antes o pintava como o próprio demônio.

Podemos, também, enumerar algumas ações contrárias a liberdade promovida pelo PT:

1. A tentativa de criação do Conselho Federal de Jornalismo, que seria um órgão de censura aliado à sindicatos loteados de ideólogos.

2. Financiamento da “imprensa alternativa”, ou seja, blogs e revistas que servem como porta-voz do governo e tentam intimidar outros meios de comunicação acusando a suposta falta de imparcialidade.

3. A ameaça de expulsão do país de um repórter do
The New York Times que acusou Lula, exageradamente, de abusar das bebidas.

4. Financiamento do Movimento dos Sem-Terra (MST), que longe de ser um grupo em prol da reforma agrária, é uma guerrilha com o objetivo de implantar o socialismo fora das vias democráticas.

5. Promoção de ditaduras sanguinárias, como no Irã, Sudão, Cuba, Mianmar e até da Coreia do Norte.

6. Audiência e apoio para protoditadores, como Hugo Chávez da Venezuela.

7. O governo não reconhece As Farc (Colômbia) e o Hamas (Palestina) como grupos terroristas.

8. Aliança com o pior das oligarquias regionais, como Sarney, Barbalho e Calheiros.

9. Promoção do aborto. Ora, quem não respeita o direito à vida, respeitará o quê?

10. Conferências patrocinadas pelo governo que defendem “o controle social da mídia”, nada mais nada menos do que ditadura.

11. Governo com traços populistas, que com discurso demagógico se coloca como pai dos pobres enquanto é, na verdade, a mãe dos ricos. Exemplo disso são os escandalosos empréstimos do BNDES para empresas “amigas do presidente”.

12. Promoção de “ações afirmativas” que nada mais são do que a racialização do país.

13. Tentativa de impor um pensamento único por meio da educação, ideologizando as crianças em aulas de ciências humanas.

Outros pontos poderiam ser abordados, mas fico somente com esses 13 motivos como forma de provocação. Nessa última semana vimos que até o sigilo fiscal da filha de José Serra, candidato da oposição, foi violado por membros do PT. Então, hoje eles violam as contas dela, amanhã será a minha e a sua. Toda ditadura começa com pequenos gestos. Infelizmente, no Brasil as pessoas não se preocupam com democracia se estão comprando uma geladeira em dez vezes “sem juros” ou se ganham um bolsa-disso-daquilo do governo federal.

Não estou dizendo para você votar em A ou B, logo porque você é livre, mas simplesmente estou apontando porque não voto em Dilma Rousseff, ou seja, na verdade porque não voto no PT. Na minha opinião, a vitória de José Serra ou Marina Silva é a consolidação da democracia, mas a vitória de Dilma Rousseff é um retrocesso.

O rosto de Zapata me lembra que a democracia é mais importante do que a falsa sensação de bem-estar social.

18 comentários:

Eric Monné disse...

Direito À vida é necessário. E direito à escolha?
Não gosto da Dilma, mas também não me agradam Marina e Serra.
E pensar em termos de avanço X retrocesso é um evolucionismo social dos mais capengas.
Apesar da crítica, fico satisfeito ao ver um cidadão exercendo sua liberdade de expressão.

Eric Monné disse...

Ah, ciência não é ideologia. Isso é preconceito de alguns religiosos. Ciência nada mais é do que o processo de conhecimento daquilo que é verdadeiro. Existem, entretanto, coisas que se defendem como ciência masque não o são,

Joiner disse...

Pergunto: Você votou no Lula nos últimos pleitos? Se sim, onde o retrocesso no caso de vitória de Dilma? Ela é a continuação do Lula. Temo que você do "curral eleitoral evangélico": o pastor manda e as ovelhas dizem "béééé". Para a obra que Lula iniciou, Serra é retrocesso. Dilma é continuação. A A.D. "fechou" com o Collor em 89 porque o Lula iria fechar as igrejas. Não sei se você era eleitor naquele tempo, mas o terror que os pastores faziam nos púlpitos era terrível. Acho que ainda tem um "ranço" de 89 no ar. Podemos votar em quem quisermos. Mas se formos declara voto, devemos fazê-lo de modo mais consistente. Recomendo a leitura do "The Economist" comparando a gestão FHC (Com Serra como ministro) e Lula (Com Dilma como ministra).

Gutierres Siqueira disse...

Joiner,

Pelo seu comentário vejo que você não me conhece. Jamais sigo recomendações políticas dos púlpitos. Voto ou não voto pelo minha consciência, e não por determinação de pastor A ou B. Aliás, se eu fosse seguir alguns pastores assembleianos estaria votando em Dilma Rousseff. Nunca votei no Lula. Aliás, essa é a minha segunda eleição presidencial (tenho 21 anos). Aqueles que fizeram “rancho” com Lula em 1989 estão com ele agora, sendo exemplo máximo o “bispo” Edir Macedo, que chamava Lula de “demônio” e agora são aliados de primeira. O próprio Collor é apoiador de Lula. Bem que o Brasil em 1989 só podia optar entre a tragédia (Collor) e a outra tragédia (Lula), que era bem mais radical naquela época, mudando o discurso econômico no decorrer dos anos.

Outra. A tal matéria comparando os governos FHC e Lula pela “The Economist” não existe. Acompanho essa revista e sei do posicionamento editorial dos liberais ingleses. Essas comparações vindas da internet são feitas por blogueiros petistas, citando indevidamente o periódico. E só lembrando: Nenhum avanço econômico e social seria possível sem o Plano Real e a dominação da inflação.

Mas esse texto não é a discussão de detalhes econômicos, mas sim sobre a ameaça ao Estado democrático de direito. Violação do sigilo fiscal de alguém é um crise gravíssimo. Falta aos brasileiros uma educação cívica que faça ver que a democracia é muito importante para violações nesse sentido. Hoje toleramos isso, amanhã nossa liberdade minguará mais ainda. Sejamos vigilantes com a democracia do país. Não basta um governo que permita compra de carros em 80 vezes, é necessário obedecer as regras constitucionais.

Cristiano Silva disse...

Olá Gutierres,

1. Faz algum tempo que eu queria te pedir ajuda: onde faço o download do programa de governo do PT? O do PV eu achei, mas os outros não...

2. Criação de um Conselho de Jornalismo; imagina se quiserem criar um dia algum para regular as igrejas do país (o que dizem e não dizem)? ;)

3. Conhece o Decálogo de Lênin? :)

Anônimo disse...

Comparem:

Marina Silva: está carregando a bandeira de um partido - o Partido Verde - que faz campanha para liberação do uso da maconha, o casamento gay e é a favor do aborto... Aí você me diz: mas ela não concorda com isso. Acorde irmão: se ela não concordasse não estaria lá no meio dos lobos. Como diz a minha mãe: QUEM SE MISTURA COM PORCO, FARELO COME.

José Serra: é a favor do aborto e do casamento gay. Além de ser satanista e amigo íntimo do famigerado Fernando Henrique Cardoso, um monstro que arrecadou 600 bilhões nas privatizações e o diheiro sumiu, até hoje ninguém sabe o paradeiro, um monstro que nunca deixou a Polícia Federal trabalhar durante seu governo...

Tire suas própria conclusões irmãos...

Nenhum presta, mas Dilma Rousseff ainda é a melhor dos piores.

Marcia Moreira disse...

Também sou contra o PT e sua ditadura. Infelizmente, segundo as pesquisas, Dilma pode ganhar ainda no segundo turno. O que falta no brasileiro é a prática do discernimento na hora da escolha.

Gutierres Siqueira disse...

Cristiano, a paz!

O programa de governo do Partidos dos Trabalhadores (PT) pode ser visto nesse link:

http://www.pt.org.br/portalpt/noticias/eleicoes-2010-11/leia-resolucao-aprovada-pelo-4o-congresso-sobre-diretrizes-do-programa-de-governo-3264.html

Só lembrando que esse documento foi suavizado. A versão original, aprovada no congresso petista de fevereiro desta ano é bem mais radical.

Como você lembra, primeiro regulam a imprensa, depois as igrejas. O espírito autoritário é intrínseco ao pensamento esquerdista. A história comprava essa tese. Sobre esse assunto, recomendo a leitura dos seguintes livros:

Fascismo de Esquerda, de Jonah Goldberg (Editora Record)

Marxismo e Descendência, de Antonio Paim (Vide Editorial)

Gutierres Siqueira disse...

Caro anônimo,

O post não é sobre Marina Silva ou José Serra, mas sim sobre o autoritarismo do Partidos dos Trabalhadores (PT).

É verdade que o Partido Verde (PV) defende políticas como incentivo ao aborto, mas não é uma imposição, ou seja, vários filiados ao partido tem liberdade de discordar desse pensamento. Como o PT é o contrário: Todo filiado ao PT é OBRIGADO a defender o aborto. Você sabia que dois deputados petistas que erram contra essa política abortista foram expulsos do partido?

É mentira que Marina Silva e José Serra sejam favoráveis ao aborto. Marina ainda defende um plebiscito sobre o assunto, enquanto Serra é contrário a essa consulta na temática sobre direito à vida. Leia os jornais e as entrevistas e você verá a posição dos candidatos. Quanto ao casamento gay, sim, José Serra é a favor e Marina defende outro plebiscito.

Chamar Serra ou o vice de Dilma, o deputado Michel Temer (como corre boatos na internet) de satanistas são coisas de pessoas que acreditam em teoria da conspiração e outros absurdos, como a suposta aliança de George W. Bush e Osama Bin Laden para destruir os Estados Unidos. Sinceramente, é preciso atestado de sanidade para quem defende essas ideias. Não é à toa que Receba Brown, que via satanista em todas as grandes personalidades, foi diagnosticada como problemas psiquiátricos.

Já as suas conclusões sobre as privatizações, soa como denúncias de blogueiros oficiais do governo: sem nenhuma consistência. Antes de falar mal da política de privatização, recomendo que leia o economista Milton Friedman.

Usando sua frase de enfeito, digo: Nenhum presta e Dilma é a pior dos piores.

Gutierres Siqueira disse...

Marcia Moreira, a paz!

Infelizmente, falta ao povo brasileiro educação cívica. É um país que elegeu um ex-ditador, como Getúlio Vargas. Um país onde coronéis dominam com assistencialismo. Uma nação onde o populismo é reinante...

Cristiano Silva disse...

Olá irmão,

Obrigado pelas recomendações. Na verdade, eu já tenho outros livros sobre o assunto na fila, mas valeu mesmo assim. Eu vou procurar ler um pouco mais sobre o assunto.

Acho que este é o grande ponto positivo destas eleições, pessoalmente falando: é a primeira vez que sinto-me amadurecendo minha visão política de fato, ficando mais consciente das coisas. Seu blog também me ajuda neste processo.

Abraços!

Bruninho disse...

Olá,

Uma primeira observação que gostaria de fazer é sobre os típicos comentários que muita gente faz quando vê que outra pessoa vota em um candidato diferente do seu, como os expostos aqui: "O que falta no brasileiro é a prática do discernimento na hora da escolha" ou "falta ao povo brasileiro educação cívica". Na verdade, concordo que falta tudo isso ao brasileiro e um pouco mais, mas não que seja detentor de todo discernimento e de toda educação cívica, na verdade a democracia se faz de opiniões diferentes e nada mais natural (e saudável) do que pessoas seguirem propostas/políticas/posições diferentes, concordas?

Percebo que és muito radical quanto aos comentários acerca do PT. Diria que essa rejeição PODERIA até ser saudável, caso considerasse os pontos positivos do governo petista. Todo governo tem pontos positivos e negativos e com menos paixão, mais tolerância e discernimento, esses pontos se tornam perceptíveis.

Mesmo tendo sido eleitor petista de carteirinha, consigo concordar com quase todos os teus 13 pontos porque vejo-os sem paixão. Da mesma forma, poderia citar 45 pontos que justificaria minhas razões para não votar no PSDB. A principal delas: o social, que o PSDB só tem no nome. Além deste, sem precisar ler nenhuma literatura sobre privatizações, te digo com toda certeza porque viví na pele - o PSDB não acertou com sua política de privatizações na era FHC. Da mesma forma como o PSDB não acertou na educação superior pública nem na interiorização desta.

Agora entenda: isso não quer dizer que eu não considere todos os erros relativos ao PT.

Talvez esse ainda seja o tempo de partidos que considerem mais o social para o Brasil, como o PSB, PT, PV... Todas as criticadas medidas petistas, como o bolsa-família, por exemplo, com um pouco de bom senso consegue-se perceber que são necessárias para um país tão desigual. O grande problema não é o projeto, mas quem administra-o: as prefeituras.

O Brasil é um país desigual, mas era muito mais a 8 anos atrás.

Abraços, Deus te abençoe.

Sopro da Vida disse...

Pra quem não sabe, essa que diz ser "missionária" Marina Silva, falou que se eleita fará um peblicito rm q o povo decidirá a legalização do ABORTO e DA MACONHA NO BRASIL, fiquem os senhores sabendo que, ela tem medo de dizer q apoia essas "pilantragem" e fik pondo a responsabilidade noos brasileiros, pra esta decição, ela como "Serva de Deus" deveria ser indiscutivelmente contra esses tipos de profanação ao sagrado, e nem apoio a Dilma tbm, pois sei que assim q ela assumir a legalização do CASAMENTO GAY SERÁ REALIDADE NO BRASIL, e vc verá homens beijando-se, na rua, no cinema, no mercado . . .etc. . .DEIXA DE SER BESTA, NESSAS ELEIÇÕES CONHEÇA SEUS CANDIDATOS

Marcinho Thuler disse...

Faz tempo que a censura chegou a Minas Gerais

Olha o vídeo do ANDRÉ VALADÃO cantando o jingle em ritmo "gospel" de ANTONIO ANASTASIA e AÉCIO NEVES

http://www.youtube.com/watch?v=IjGdVtm9snI

Aécio Neves é conhecido por comprar a imprensa mineira. Veja esse vídeo com as denuncias contra Aécio Neves, quem o nosso prezado cantor apóia:

http://www.youtube.com/watch?v=UqEimwCupsQ

http://www.youtube.com/watch?v=H_aV9-lo8Pw&feature=related

http://mais.uol.com.br/view/e8h4xmy8lnu8/aecio-e-a-imprensa--censura-no-brasil-0402193262E4B15386?types=A&

Logo quem apóia corrupção é CORRUPTO?

Pr. Mikeias Branco disse...

Quero aqui responder ao caro Bruninho sobre as priivatizações.
lamento pela sua falta de informação sobre este assunto.
quando o governo privatizaou as telecomunicações, hoveram grandes avanços. hoje podemos ter celular não é por causa do Lula, e sim por causa da privatização das telecomunicações, causando assim a competitividade entre as empresas e por isso a facilidade cada vez mais acessível ao povo brasileiro.
A Vale do Rio Doce hoje produz muito mais e dar mais contribuição ao Brasil, com escolas e tantos outros, do que antes. Você precisa se informar mais.
O Brasil hoje está melhor porque no governo FHC a economia foi estabilizada com a criação de um plano salvador para o Brasil, o plano REAL. você já imaginou lula sem o real???
O Bolsa família é uma esmola controladora, que tem deixado o povo ipnotizado.

meu querido aqui não opnião de puxa saco, e sim de alguém que viu o crescimento do país depois das privatizações. que adianta uma empresa com prejuízos?

Bruninho disse...

Caro Pastor Mikeias, não sou desinformado quanto à privatizações, repito: FHC não foi feliz com sua política de privatizações, porém - como não tenho paixão partidária - concordo com você que o setor de telecomunicações melhorou depois delas - agora não consigo ver outro setor que tenha tido o mesmo resultado.

O que adianta uma empresa com prejuízos? Sabe-se que não se considera máxima da administração vendê-la, mas sim ver o que está errado. Troca-se diretoria e cargos de confiança.

FHC teve pontos positivos sim e o plano Real foi um deles, inclusive de Itamar.

Sobre as telecomunicações ainda, deve-se levar em consideração o mérito de outras questões para um debate mais aprofundado, como aumento de tarifas, distribuição do dinheiro da telebras entre os estados e etc. Deduzir que teu carro é bom porque ele te leva aonde tu quer não é uma lógica muito segura. O debate é saudável.

Quanto à Vale, pra mim não há argumentos que provem que não foi fraudulenta. A empresa era comparada à Petrobrás, o seu potencial era imenso e, além de não se saber ao certo para onde foi todo o montande da venda, ela foi vendida por cerca de 3 Bilhões. A fraude está justamente no preço da venda pelo leilão, no ano em que foi leiloada, só de lucro a empresa deu 12 Bilhões aos seus donos, mais do que três vezes o valor de sua renda. Absurdo!


Por fim, quanto ao bolsa-família, ele só é visto assim por aqueles que nunca precisaram. Quem precisa e vê seu próximo precisando, sabe que esse projeto diminuiu sim a desigualdade do país, e diminuiu muito. Não tem como negar, é um ótimo projeto de distribuição de renda, o grande problema está na desonestidade de quem administra-o (algumas prefeituras) e de quem os recebe (alguns beneficiados), tem corrupção dos dois lados.

Sem mais, Deus o abencoe.

Eliane disse...

Ao Sopro da Vida...
Apoiio Marina Silva, pois além de serva de Deus, age democraticamente assim como todos os polícos deviam agir. E outra creio q ela nao esta com medo de aprovar nada, cada um tem a sua opinião e como eu disse ela vai fazer DEMOCRACIA vc sabe o q e isso ne?! Não so isso mas creio q o Brasil tomara outro rumo. Cabe a nós sabermos em quem estamos voltando.
Olha tenho 17 anos esse e meu primeiro voto estou escolhendo bem meus candidados, não vendo e não negocio meu voto pois quem vc escolhe para lhe representar la vai pode levar seu pais a desgraça ou ao sucesso, se escolhermos as pessoas erradas cairemos em descraça pois Deus julgará seu povo e nos somos o povo de Deus.
Fiquem com Deus.

Anônimo disse...

Já sabia que você não entende nada de teologia ( nem teologo é. muda o nome do teu blog pra VERSÂO DE UM JORNALISTA PENTECOSTAL. seria menos frustante pra você) Agora nem de política tu entende? não sabe nada sobre o pt. cara faz um favor pra tu mesmo, para de escrever o que tu não sabe. teu negocio é escolinha dominical. vai ensinar o povo a orar quem sabe assim o Serra não ganhe.