terça-feira, 19 de outubro de 2010

As frases mais idiotas sobre o aborto

Vejamos:

  1. A religião não pode impor uma ideia para todos

Falam isso como se o aborto fosse mera questão religiosa. Não, não e não. Aborto é uma questão filosófica, biológica, religiosa, ética, moral etc. E ainda falam como se a religião deveria ficar caladinha diante dos dilemas da sociedade.

  1. Cada um têm o direito sobre o seu corpo

Sei. E a criança não tem esse direito? O feto é mera extensão do corpo feminino como se unha fosse?

  1. O aborto é uma questão de saúde pública

Eis o mantra dos defensores abortistas. Acidente de carro provocado por um bêbado também é uma questão de saúde pública. Então vale legalizar o álcool no volante?

  1. A comunidade científica não tem um consenso sobre o início da vida

É verdade. Então é melhor ficar com a dúvida. É um princípio do direito.

  1. Ninguém é a favor do aborto

Hipocrisia. Querem fazer papel de bonzinhos. Não esqueço de uma colega na faculdade que disse com todas as letras: “Se a transa com o meu namorado resultasse em uma gravidez eu abortaria para não atrapalhar minha carreira”.

E ainda há outras frases idiotas.

10 comentários:

Clébio Lima de Freitas disse...

Caro Gutierres,

Que pena que a sociedade se recusa a reconhecer argumentos como esses alegando que é fundamentalismo relioso e dogma de fé, assim eles criaram pra si um dogma, o de que os "religiosos" nunca têm razão.

Em Cristo,

Clébio Lima de Freitas
clebiolima.blogspot.com

João carlos Ferreira Batista disse...

Caro Gutierre,

Essa ultima frase que você ouviu na faculdade;nosa!eu chego a ficar "irado".oquê um bebe tem a ver com as
promiscuidades desses jovens?só a misericordia de Deus!

A paz do Senhor.

zwinglio rodrigues disse...

Bota idiota nisso!

Neto disse...

Irmão, na pergunta "A comunidade científica não tem um consenso sobre o início da vida", eu responderia:

Mas tem um consenso sobre o fim da vida: Morte cerebral - fim dos sinais neurais; Morte clínica - fim dos batimentos cardíacos. Porque o mesmo padrão (sinais neurais e batimentos cardiacos) não é utilizado para designar o inicio da vida?

Joel Silveira disse...

Caro Gutierres,

Vc por acaso quer mudar o que a própria Bíblia diz sobre o mundo?

Isso aqui jaz no maligno e o curso do mundo é este mesmo.

E outra coisa: você não comete um homicídio porque está na lei que vai ser preso ou poruqe você é transformado por Cristo?

Cada interpretação boba...


´Com lei pró aborto ou contra aborto o rumo da Igreja não mudará.

Falo da Igreja verddeira e não dessa que vocês estão tentando misturar coom política.

O que muda as pessoas não é ameaçã de uma lei e sim o poder de Deus e da Sua Palavra!

Se nós, como Igreja, de fato nos levantássemos com o mesmo "entusiasmo" que estamos em realçao a política e fossemos evangelizar, orar e pregar o bverdadeiro evangelho, as pessoas seriam tranformadas e aí sim, com lei ou sem lei, pararaiam de praticar coisas anti-bíblicas.

Eu vou lá me preocupar com Dilma ou Serra?

Se me preocupar então, onde estará o poder de Deus?

Acorda gente e parem de ficar servindo de "escada" para político!

Vitor Grando disse...

Perfeito!

Robson Batista disse...

"A comunidade científica não tem um consenso sobre o início da vida"

Engraçado, qualquer um que se interessa pelo assunto sabe que o coração do embrião já bate antes de um mes de gestação. Então porque o projeto de lei que querem aprovar no congresso prevê abortos no SUS com até nove meses de gestação. Que lógica este argumento tem???
A paz de Cristo....

Robson Batista
o-cristao.blogspot.com

José Anchieta disse...

Carríssimo irmão, gostei tanto desta postagem que copiei e publiquei no meu blog, ainda em fase de construção. Citei o autor e a fonte, no rodapé da página. Um abraço (p.s. o seu blog tem um teor de inteligência desmedido, compatível com os seus leitores. Parabéns! Coloquei o link na lista de Parceiros do meu blog "Blog do Cristão Bereano" Abraços!)

Anônimo disse...

O amigo ali em ciam disse: Irmão, na pergunta "A comunidade científica não tem um consenso sobre o início da vida", eu responderia:

Mas tem um consenso sobre o fim da vida: Morte cerebral - fim dos sinais neurais; Morte clínica - fim dos batimentos cardíacos. Porque o mesmo padrão (sinais neurais e batimentos cardiacos) não é utilizado para designar o inicio da vida?

Pois eu lhe digo cientificamente que com apenas pouco mais de 2( na verdade o tempo p a mulher perceber q esta gravida)semanas de vida ja existe um coração primitivo funcionando e um sistema nervoso ja em inicio de formação. E ai?!

Anônimo disse...

O tema do aborto não é um tema religioso. Não importa a existência de um consenso sobre quando a vida começa ou não. O importante é cultivar a mais pura forma de não-violência: a compaixão. Matar é sempre matar.