sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Meus delírios no Twitter

Reúno neste post algumas das minhas frases escritas no microblog Twitter (http://twitter.com/gutsiqueira ).

  • O esquema filosófico de classificar a humanidade entre oprimidos e opressores é infantil. As relações humanas são mais complexas.

  • A filosofia foucaultiana nos ensinou que culpa é uma forma de opressão usada pelos religiosos para o controle e a manipulação dos pobres (...) Mas quem vive sem culpa não são os psicopatas?

  • Eu corro de medo das ideologias que prometem um "mundo melhor".

  • Eu corro de medo das ideologias que prometem "felicidade".

  • Eu corro de medo das ideologias que prometem um "novo homem".

  • No Estado laico todas as religiões e não religiosos são respeitados. No Estado secular a religião é banida para a privacidade do indivíduo.

  • O Estado deve ser laico, nunca confessional ou secular. No Brasil, infelizmente, muitos "intelectuais" confundem laicidade com secularismo.

  • "Ortodoxia morta é sempre uma contradição de termos." - Francis Schaeffer

  • Ora, desde quando debater a concepção da vida é medieval e sem importância? Debater a vida é normal em democracias maduras.

  • Infeliz é o país que precisa de programas assistencialistas.

  • Fidel disse em entrevista que o modelo cubano não funciona mais nem em Cuba. Pergunto: Por acaso funcionou algum dia?

  • Desconfie de quem ama a humanidade, porque normalmente ele detesta seu semelhante. [Luiz Felipe Pondé]

  • É ridículo quando o culpado se faz de vítima, seja ele um traficante que se passa por usuário ou um presidente autoritário.

  • Stephen Hawking afirmou que Deus não existe. Até quando a sociedade vai encarar essas declarações como novidades jornalísticas?

  • G. K. Chesterton: "Os homens que realmente acreditam em si mesmos estão todos em asilos de loucos". Chesterton entendeu a natureza humana!

Como vocês viram que a maior parte dos comentários são sobre política e economia, mas falo também de teologia no espaço. Meu perfil é: @gutsiqueira

Um comentário:

Lene disse...

Gostei de alguns. Não muito de outros.
Mais amei esse:

"Desconfie de quem ama a humanidade, porque normalmente ele detesta seu semelhante. [Luiz Felipe Pondé]"


Deu vontade de ir la, mas confesso pra vergonha alheia que ainda não sei tuitar rs


Abs
Lene