terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Ouçamos os roqueiros!

Quem ouve o som (sem entender a letra) e olha para a aparência de uma banda de rock cristão chamado Petra certamente pode desprezar a música. Mas logo depois acontece que aquele que rejeita simplesmente liga o som com “hinos” que exaltam o homem egocêntrico, vingativo e cheio de um triunfalismo supostamente sustentado por Deus.

Mas agora ouça e reflita na letra dos roqueiros do Petra:

http://letras.terra.com.br/petra/119185/traducao.html

Infelizmente, temos uma igreja que deixa de cantar o “Credo” dos roqueiros para cantar “O Sabor de Mel” das cantoras pentecostais ludibriadas pelo sentimento de vingança e triunfo vazio.

Pois é, quem diria, mas devemos afirmar que os roqueiros do Petra estão com letras bem bíblicas, enquanto aquelas cantoras de igrejas legalistas cantam heresias e mais heresias. Ouçamos os roqueiros!

4 comentários:

Elton Morais disse...

Petra tem letras muito bonitas. Outra banda que tem letras lindas é a HB.

Infelizmente, se deixa de cantar tantos hinos lindos, para cantar lixos como Sabor de Mel, Taça da Vitória, etc.

Porém, eu não concordo em tocar Rock no culto... :P

Seria ótimo pegar as letras dessas bandas, e toca-las com ritmo mais sacro.

Deus te abençoe.
Em Cristo,
Elton Morais

Tiago Vieira disse...

Graça e Paz irmão!

Letra, totalmente, inspirada pelo Santo Espírito, 100% Bíblica. Que realmente, ao contrário dos "hinos de ninar" cantados, não louvados, por muitos, enche nossos corações de Amor, de Graça e de Alegria. Sim, a Alegria da SALVAÇÃO pelo nosso REDENTOR JESUS CRISTO, como está escrito no Salmo 51 no verso 12, "Torna a dar-me a alegria da tua salvação".

Que o Senhor te abençoe e te guarde!

Em Cristo,
Tiago Vieira

Felipe disse...

Caro irmão Gutierres. A pa do Senhor Jesus.
Realmente essa letra é muito bonita e demonstra o credo de quase todas as igrejas evangélicas.
Porém, não faça da exceção a regra. Nem toda banda de rock cristão, tem a mesma tendência do Petra. Falo isso porque já fui roqueiro mundano e depois cristão. O Petra é, quem sabe, os pioneiros do rock cristão. E ao que parece possuem boa formação teológica. As bandas em geral tocam o que gostam (rock)e de quebra colocam o nome de Deus em suas letras.
Sobre a música nas nossas igrejas, já sabemos por demais que estão a maioria em descompasso com o Santo Evangelho. Mas não podemos atribuir isso como totalidade e que esse tipo de "hino" sempre tocou nas nossas igrejas. Temos um histórico recente de belos hinos (ADs, Presbiterianas, Batistas etc) que perdurou por muitos anos. E todos esse hinos estão gravados na mente de cristãos e não-cristãos, dada a sua beleza.
Portanto, esse fenômeno e novo (quem sabe, dos últimos 10-15 anos). Não podemos inverter as coisas, rock como regra e música sacra como exceção.
A propósito, David Wilkerson e Geremias do Couto em co-autoria com Claudionor C. de Andrade têm livros publicados sobre a mensagem oculta do rock.
Um abraço.

Elizelda Araujo disse...

Por que não unir o útil ao agradável???
Há algum tempo me recuso a cantar "sabor de mel" mas, também não suporto a barulheira e agitação provocada por determinados ritmos como rock, forró e etc.
Vivemos em um mundo tão agitado e estressante e ainda termos que suportar isto dentro da igreja??? Não sou contra nenhum ritmo, desde que não ultrapasse os limites do bom senso e da boa ordem.
Shalon - paz com saúde e conforto!