segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Bispo Robinson Cavalcanti e esposa mortos a facadas. Filho é suspeito

O Diário de Pernambuco nos traz no dia de hoje essa trágica notícia sobre a morte do bispo anglicano Robinson Cavalcanti e esposa. Eu já tive o privilégio de entrevistá-lo para este blog e eu era leitor assíduo de seus textos. Mesmo discordando de algumas ideias, eu achava Robinson uma das melhores mentes do evangelicalismo brasileiro. É dia de luto para a Igreja Evangélica Brasileira. Lamentável.

Leia a notícia do jornal de Recife:

O bispo diocesano da Igreja Anglicana, cientista político e ex-reitor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Dom Edward Robinson Cavalcanti, de 64 anos, e a esposa dele, a professora aposentada Mirian Nunes Machado Cotias Cavalcanti, também de 64 anos, foram assassinados na casa da família, na Rua Barão de São Borja, número 305, em Jardim Fragoso, Olinda, na noite do último domingo (26).

De acordo com a policia, o autor do crime é o filho adotivo do casal Eduardo Olímpio Cotias Cavalcanti, de 29 anos. O rapaz morava nos Estados Unidos desde os 16 anos de idade e teria voltado ao Brasil há cerca de 15 dias depois de ter sido preso no país estrangeiro várias vezes por envolvimento com drogas e outros delitos.

Segundo o reverendo Hermany Soares, amigo da família, quando Eduardo chegou ao Brasil, ele foi buscá-lo no aeroporto e ainda no desembarque teria perguntado onde poderia comprar uma arma.

Ontem pela manhã, o rapaz saiu de casa, foi beber na praia e voltou à tarde. À noite, foi visto amolando uma faca na frente do portão de casa. Por volta das 22 horas, Eduardo começou a discutir com o pai, pegou a faca e golpeou o idoso. A mãe foi defender o marido e também foi esfaqueada.

O bispo Robison morreu no quarto. A mãe ainda foi levada para o Hospital Tricentenário, em Olinda, com uma facada no peito esquerdo, mas já chegou morta. Após o crime, Eduardo tentou cometer suicídio ingerindo uma substância ainda não identificada e desferindo vários golpes de faca no próprio peito. Ele foi levado para o Hospital da Restauração (HR) por uma viatura da Polícia Militar. Eduardo estava passando por um processo de deportação.

Segundo informações de parentes, o bispo Robinson foi o coordenador regional da primeira campanha do ex-presidente Lula para presidente da República, que, inclusive, o teria visitado em casa depois de eleito. O bispo também foi candidato à deputado federal e proferiu palestras na Organizações das Nações Unidas.

Em relação ao ocorrido, a Igreja Anglicana divulgou uma nota de falecimento. Confira o documento na íntegra:

É com grande pesar que a Igreja Anglicana - Diocese do Recife, comunica o trágico falecimento do Reverendíssimo Bispo Diocesano, Dom Edward Robinson de Barros Cavalcanti, e de sua esposa Miriam Cavalcanti, ocorrido neste domingo 26/02/2012 por volta das 22h na cidade de Olinda-PE.

A família diocesana agradece a Deus pela vida e devotado ministério do seu Pai em Deus, pastor, mestre e amigo, um verdadeiro profeta e mártir do nosso tempo, que lutou pela causa do evangelho de Cristo, por Sua igreja, bem como pela Comunhão Anglicana, e que contou sempre com sua esposa que, como fiel ajudadora, o apoiou em todos os anos de seu ministério.

Partiu para a Eternidade deixando um legado de serviço, amor e firmeza doutrinária, pelos quais essa Diocese continuará.

Oportunamente estaremos divulgando dia, horário e local do seu sepultamento.

Revmº Bispo Evilásio Tenório – Bispo Sufragâneo Eleito

Revmº Bispo Flávio Adair – Bispo Sufragâneo Eleito

Rev. Márcio Simões – Presidente do Conselho Diocesano

Com informações do repórter Edson Araújo, da TV Clube

Bispo faleceu na noite de ontem.

Leia a entrevista que fiz para este blog com Cavalcanti em 2008. Veja neste link:

5 comentários:

Anônimo disse...

Caro Gutierres,

Como já previa, infelizmente num momento tão trágico como esse encontramos pessoas desprovidas de qualquer sensibilidade cristã (vide o blog do Júlio Severo), aproveitando-se do sofrimento alheio para destilar ódio político-religioso. É uma lastíma!
A perda do Robinson Cavalcante é também uma perda para a igreja brasileira.

Um abraço,

Marcelo de Oliveira e Oliveira.
Rio de Janeiro - RJ
agracadateologia.blogspot.com

Gutierres Siqueira disse...

Marcelo,

De fato, a manchete do Severo foi horrível. Eu discordava de alguns pontos políticos do bispo, mas o admirava. Além disso, era uma pessoa simpática e humilde. Conversei com ele no final de uma dessas palestras e fiquei admirado com a postura desse homem.

Não era íntimo do bispo, mas hoje é um dia de luto para mim.

Que Deus console a família anglicana.

Ricardo Rocha disse...

Profundamente triste com a notícia. Bispo respeitabilíssimo. Sempre aguardava com anciosidade para ler seus artigos na Ultimato.

Luto para a igreja brasileira...

Marcelo disse...

Sempre tive o prazer de ler seus artigos na Ultimato. Valeu a pena ter lido quase todos.

Marcelo disse...

Curti muito seus artigos na Ultimato, valeu a pena.