quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

John Piper - A oração ao longo do dia!

Um comentário:

Ivo Gomes de Lima disse...

Amém. Se é que entendi adequadamente: Glória a Jesus!E minha oração, neste momento é: "Senhor, tem misericórdia de mim! Como estou longe, em minha experiência pessoal, de 'andai em Espírito'- que é apenas rudimento do viver santo disponibilizado gratuita e imerecidamente na Tua Palavra escrita, a todos nós!

Na experiência de vida de um(a) filho(a) de Deus, como seria exequível existir uma atividade "santa" (ou "sagrada") e outra "secular" (ou "não santa"), se toda e qualquer atividade do(a)s santo(a)s pode e precisa ser feita em oração?

"Quer comais, quer bebais, quer façais QUALQUER OUTRA COISA, fazei tudo para a glória de Deus". Como é possível, na vida de alguém que esteja em Cristo, fazer um trabalho "na Obra" e outro trabalho "sem ser na Obra", visto que a Obra do Senhor ocupa todo o tempo e todas as esferas da vida de todo aquele que está nEle? Como é possível "trabalhar para o Senhor" e "trabalhar para o homem" se - CADA QUAL NA VOCAÇÃO EM QUE FOI CHAMADO - serve ao Senhor "em tempo integral"? (Somente aquelas atividades chamadas "eclesiásticas" são a obra do Senhor?)