domingo, 10 de março de 2013

O Concílio da CGADB em 2013 e a Carta de Paulo aos Coríntios!

Por Gutierres Fernandes Siqueira

1. A radicalização política só aumentou. De ambos os lados parece não existir limites para a difamação e a disposição para contendas. É um clima belicoso. É até um milagre que tais reuniões ainda não passaram para agressões físicas. O clima é “eu sou de fulano” e “eu sou de sicrano”. Lembra algo?

Irmãos, não lhes pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a crianças em Cristo.Dei-lhes leite, e não alimento sólido, pois vocês não estavam em condições de recebê-lo. De fato, vocês ainda não estão em condições, porque ainda são carnais. Porque, visto que há inveja e divisão entre vocês, não estão sendo carnais e agindo como mundanos? Pois quando alguém diz: "Eu sou de Paulo", e outro: "Eu sou de Apolo", não estão sendo mundanos? Afinal de contas, quem é Apolo? Quem é Paulo? Apenas servos por meio dos quais vocês vieram a crer, conforme o ministério que o Senhor atribuiu a cada um. Eu plantei, Apolo regou, mas Deus é quem fazia crescer; de modo que nem o que planta nem o que rega são alguma coisa, mas unicamente Deus, que efetua o crescimento. O que planta e o que rega têm um só propósito, e cada um será recompensado de acordo com o seu próprio trabalho. Pois nós somos cooperadores de Deus; vocês são lavoura de Deus e edifício de Deus. [1 Coríntios 3.1-9 NVI]

2. O apelo para a justiça comum virou rotina. É frequente o processo contra uma ou outra decisão do grupo A versus B. A justiça comum vem sendo acionada com uma frequência espantosa. Lembra muito a igreja de Corinto? Ou não?

Se algum de vocês tem queixa contra outro irmão, como ousa apresentar a causa para ser julgada pelos ímpios, em vez de levá-la aos santos? Vocês não sabem que os santos hão de julgar o mundo? Se vocês hão de julgar o mundo, acaso não são capazes de julgar as causas de menor importância? Vocês não sabem que haveremos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas desta vida! Portanto, se vocês têm questões relativas às coisas desta vida, designem para juízes os que são da igreja, mesmo que sejam os menos importantes. Digo isso para envergonhá-los. Acaso não há entre vocês alguém suficientemente sábio para julgar uma causa entre irmãos? Mas, ao invés disso, um irmão vai ao tribunal contra outro irmão, e isso diante de descrentes! O fato de haver litígios entre vocês já significa uma completa derrota. Por que não preferem sofrer a injustiça? Por que não preferem sofrer o prejuízo? Em vez disso vocês mesmos causam injustiças e prejuízos, e isso contra irmãos! Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus. Assim foram alguns de vocês. Mas vocês foram lavados, foram santificados, foram justificados no nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito de nosso Deus. [1 Coríntios 6.1-11 NVI]

Portanto, é curioso observar com a CGADB e os candidatos se portam como a carnal Igreja de Corinto. Isso mostra algumas coisas:

a) Infelizmente, a carnalidade sempre existiu no meio do cristianismo e a CGADB não inventou esse mal. Porém, parece não existir nenhuma disposição de reconhecer essa carnalidade.
b) A espiritualidade vazia das convenções é apenas mais um sinal gritante do mundanismo.
c) O mundanismo não está num estilo de roupa ou música, mas em atitudes como essas, ou seja, a busca desenfreada pelo poder e dinheiro. E muitas vezes são os mais legalistas que estão metidos nesse rolo.

d) A denúncia dessas podridões se faz necessária. O mau obreiro deve receber censura pública (1 Timóteo 6.20).

E ainda: veremos o mesmo filme em 2017?

3 comentários:

Wallace Sousa disse...

mano, apz.

onde está mal obreiro, não deveria ser "mau" obreiro?

abs,

wally.

ps. não precisa publicar, se não achar conveniente.

adeliny disse...

Falou tudo o que venho pensando nestes últimos dias sempre quando leio notícias sobre a CGADB. me dá uma tristeza! Que Deus tenha misericórdia da nossa igreja.

Daladier Lima disse...

Dá uma olhada nas páginas oficiais das convenções, para veres como se privatiza os interesses da membresia. Blogs oficiais e portais fazem candidatura aberta para este ou aquele candidato, numa clara distorção ética. Imagina como estão as EBOs realizadas nestes últimos dias?