sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

"O marido é meu. Jeová vai te pegar!"

Por Gutierres Fernandes Siqueira

Caros leitores,

Vejam o vídeo abaixo. É mais uma amostra como parte considerável da Igreja Evangélica- e Pentecostal- perdeu o senso do ridículo. Sim, é urgente o resgate das Escrituras não só para a qualidade doutrinária, mas também para a recuperação do, repito, senso do ridículo.

a) Observe a histeria das "irmãs". "O marido é meu", canta uma. Enquanto outra fica empolgada com essa afirmação de posse.

b) Veja como o culto cristão virou uma espécie de Programa do Ratinho.

c) Observe a falta do senso do sagrado, a bagunça, as movimentações, a falta de ordem... Sim, é um programa de auditório bizarro.

d) O culto é para adorar a Deus, mas a música é uma reafirmação da "mulher macha".

e) E o velho espírito de vingança está, como sempre, no ar. Junto, é claro, com a "teologia do cangaço": "Jeová vai te pegar"!

E há quem acredite que a música pentecostal não está em crise. Caros, esse tipo de manifestação não é exceção, ou uma minoria. Infelizmente, hoje é a regra.



14 comentários:

Walder disse...

Terrível!
Siqueira,
Não sei onde vamos parar! Tem uma pregação do Abílio Santana em que ele diz que Jesus tinha uma boa casa de praia, incentivando os irmãos a buscarem o material. Gostaria que você comentasse e refutasse essa pregação. Não precisa postar eees comentário

Izabel disse...

BIZARRO! nem consegui ver até o final, como pode??? como ninguém nota que isso não tem nenhuma relação com Deus, com louvor, com adoração, com cristandade de um modo geral???????

adilson disse...

É o fundo do poço mesmo... totalmente sem noção, é o clímax do ridículo cristão evangélico. Não vamos nem falar em doutrina, cristianismo, enominação, isso aí é a falta completa do Cristo e seu evangelho, é a aberração da alma em seu estado natural.
Nele.

Alexandre Soeki Ramos disse...

É triste ver o que esta se transformando a Igreja Pentecostal. Mas graças a DEUS que ainda tem irmãos com discernimento espiritual. DEUS abençoe

R. B. disse...

Me dá nojo, e ai de quem for contra essa seboseira, vai ser tido como bode, pessoa sem amor. Que a vitoria desses "irmãos" tenha sabor de mel!

Valderi Felizado da Silva disse...

Ainda bem que ela disse no final que não é para chamar de prostituta, pomba-gira a "rival".
Gutierrez, em relação ao nome Jeova, o que você acha? É um erro de transcrição, é bíblico, ou tampouco importa? Eu gosto de dizer pelo que se escreve YAWEH (Iaué). Os católicos dizem Javé.

Ricardo Goulart disse...

É meus irmãos. Definitivamente deviam mudar o nome para "picadeiro", porque realmente não falta mais nada.Parece piada, mas essa cultura pobre da música "evangélica" está tão extensa e enraizada no meio "pentecostal" e "evangélico" que hoje em dia parece que o que nos resta e salva é apreciar os Hinos da Harpa, ou então resgatar os antigos LP`s de músicos com propósito: Ex. "Dico e Rosinha" (E olha que eles são bem antes de eu nascer, e não sou tão velho assim). Pelo menos eram Cristocêntricos.

Só a misericórdia, rsrsr.

Fernanda Paes disse...

Querido irmão ela se explicou no facebook dela:

"#voltemosaoevangelho
Sinceramente, como as pessoas são maldosas, esse corinho foi só uma brincadeira que fiz por causa de uma situação que aconteceu comigo, eu não gravei isso em CD ou DVD nunca faria isso, infelizmente as pessoas se escandalizam mais com um corinho do que com o pecado dentro da IGREJA, ai eu já tinha ministrado a palavra isso foi final de culto, não agredi ninguém, não fiz esse corinho pra ninguém dar glória, contei a experiência que tive e disse que havia feito até um corinho brincando com a situação, falei que não ia cantar e a Igreja curiosa me mediu pra cantar o tal do corinho...Agora me crucificar por causa disso sinceramente é muita maldade, levando em consideração que esse litígio todo em relação a minha pessoa foi totalmente desnecessário."

Miss Leandra Nascimento

Aprendiz disse...

Gutierres

Não quero discutir casos particulares, mas vejo que há todo tipo de coisas estranhas e insanas dentro da Igreja brasileira. E é generalizado, abrange todas as denominações importantes. Noto ainda que um grande número de pessoas que apontam os erros, estão elas mesmas em erro. Por exemplo, aqueles que criticam os excessos petencostais, muitos deles apoiam projetos totalitários de poder, apoiam o terrorismo, apoiam casamento gay, etc.

Na minha sincera opinião, ser cronista da desgraça tem sua utilidade, mas muito mais útil é entender as raízes do mal. Deixo então uma pergunta: Porque acontece de virtualmente toda da Igreja brasileira estar indo para o vinagre? Como é possível tantos desvios, muitos deles de natureza e origem diferentes, estarem acontecendo exatamente ao mesmo tempo? Porque aparentemente ninguém tem respostas para o que nos está acontecendo?

Danilo disse...

Lamentável esta música - qual o objetivo desta música ? pois de louvor não tem nada -

Irmão Walder esta pregação do Pastor Abílio Santana - cheguei até "discutir' com uns irmãos afirmando para eles biblicamente que o pastor abílio Santana estava equivocado na sua interpretação - ele afirmava que Cristo tinha casa na praia - sendo que na realidade a bíblia não afirma isto - se Cristo tinha casa - a bíblia não relata -

Gutierres Siqueira disse...

Caro Valderi,

A palavra Jeová não é minha tradução preferida, mas não a veja como problemática.

Daladier Lima disse...

E o reggae?

claudiopimenta disse...

temos coisas fora da biblia ate na harpa crista alguem conhece o hino que diz a vergonha da cruz ? ou tu es fiel a mim ? Deus e fiel ha um homem ou aos seus principios ?

claudiopimenta disse...

lamento mas ja vi um disco gravado com o titutulo fica na posiçao de vaso que la vai azeite quente rs rs